PESCADORES_ESPOSENDE
Esposende

Bloco e pescadores pedem regulamentação para a captura do meixão

O Bloco de Esquerda vai avançar com uma iniciativa parlamentar para a regulamentação da pesca do meixão, bastante praticada em Esposende. “Por um lado pretende-se que seja preservada esta espécie e ao mesmo tempo evitar que esta pesca em quantidades consideráveis deixe de funcionar desregulada”, defendeu Pedro Soares após uma reunião com a direção da Associação dos Pescadores Profissionais do Concelho de Esposende.
A associação reconhece que a forma como está a ser capturado pode suscitar o desaparecimento rápido da espécie. A elaboração de um estudo, tal como defendem os pescadores e a candidatura bloquista, seria um ponto de partida para a regulamentação da pesca deste peixe em fase inicial de crescimento. Assim, “tratando-se de uma espécie sensível, o Bloco quer apresentar uma proposta que vá no sentido do estudo desta atividade e da sua regulamentação de modo a que deixe de existir este jogo de rato e de gato permanente entre os pescadores e as autoridades que fiscalizam”, refere Pedro Soares.
Para o cabeça de lista do Bloco de Esquerda pelo circulo eleitoral de Braga “é preciso permitir a pesca do meixão dentro de determinada regulamentação, tal como já acontece em Caminha, mediante controlo das capturas, o pagamento de impostos e com a sua limitação a determinados períodos de pesca”. Nesse sentido, “esta será a melhor forma de proteger a espécie e de impedir desequilíbrios ecológicos, ao mesmo que permite a legalização desta fonte de rendimento dos pescadores de Esposende”, acrescenta ainda o candidato.
O meixão é uma espécie com elevado valor comercial e com mercado sobretudo no Japão. O presidente da Associação dos Pescadores Profissionais do Concelho de Esposende, Augusto Hipólito da Silva, refere mesmo que “tem um peso enorme no rendimento dos pescadores da associação”. Os pescadores referem mesmo que sem a pesca deste peixe não conseguem manter atividade.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade