Eleições - Voto - Votar
País

Eleições: As legislativas em números – PàF e PS gastam 5,4 milhões de euros

Mais de nove milhões de eleitores residentes em território nacional e no estrangeiro são chamados a votar nas eleições de 04 de outubro para escolher 230 deputados.

A estas legislativas concorrem 16 forças políticas, das quais três são coligações e as restantes 13 partidos.

Números sobre as eleições legislativas

+++ Número de eleitores +++

9 682 369 é o número de pessoas recenseadas, incluindo eleitores residentes em território nacional e inscritos nos círculos da Europa e Fora da Europa, segundo a Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI).

+++ Número de partidos e coligações +++

São 16 as forças políticas a ir a votos no próximo dia 04 de outubro, três das quais coligações e as restantes 13 partidos.

Nas coligações, contam-se a Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta PCP e PEV, a coligação Portugal à Frente, com PSD e CDS-PP e a coligação Agir, que alia o Movimento Alternativa Socialista (MAS) ao Partido Trabalhista Português (PTP).

Os partidos políticos são: Partido Socialista (PS), Bloco de Esquerda (BE), Livre/Tempo de Avançar, Juntos pelo Povo (JPP), Nós, Cidadãos! (NC), Portugal pro vida, Cidadania e Democracia Cristã (PPV/CDC), Partido da Terra (MPT), Partido Democrático Republicano (PDR), Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses (PCTP/MRPP), Partido Nacional Renovador (PNR), Partido Unitário dos Reformados Portugueses (PURP), Partido Popular Monárquico (PPM) e Pessoas-Animais-Natureza (PAN).

+++ Quanto estimam os partidos gastar na campanha +++

8,8 milhões de euros é quanto, no total, os partidos e coligações afirmam que pretendem gastar na campanha para as legislativas de 04 de outubro.

Coligação Portugal à Frente (PSD e CDS-PP em Portugal continental e nos círculos da emigração): 2,8 milhões de euros.

PS: 2,6 milhões de euros

CDU (coligação do PCP e Os Verdes): 1,5 milhões de euros

BE: 600.000 euros.

+++ Quanto gasta o Estado na organização das eleições +++

Cerca de 8,5 milhões de euros é quanto custa ao Estado organizar as eleições legislativas. As verbas mais significativas destinam-se ao pagamento dos membros das mesas de voto e indemnizações às estações de rádio e televisão pela emissão dos tempos de antena”.

Cada membro das mesas de voto ganha 50 euros.

+++ Quantas são as mesas de voto ++++

Existem cerca de 11.800 mesas de voto espalhadas pelo país, compostas por cinco membros. Os presidentes das câmaras municipais definem os locais onde são instaladas as mesas de voto.

+++ Número de deputados a eleger +++

230 é o número de deputados eleitos pelos portugueses, divididos em 22 círculos (18 no continente, duas regiões autónomas e círculos da emigração – Europa e Fora da Europa)

O círculo eleitoral de Lisboa é aquele onde são eleitos mais deputados, 47, seguindo-se o Porto, com 39.

+++ Distribuição de mandatos por distrito +++

É a seguinte a distribuição dos deputados pelos 22 círculos:

Aveiro: 16 deputados

Beja: 3 deputados

Braga: 19 deputados

Bragança: 3 deputados

Castelo Branco: 4 deputados

Coimbra: 9 deputados

Évora: 3 deputados

Faro: 9 deputados

Guarda: 4 deputados

Leiria: 10 deputados

Lisboa: 47 deputados

Portalegre: 2 deputados

Porto: 39 deputados

Santarém: 9 deputados

Setúbal: 18 deputados

Viana do Castelo: 6 deputados

Vila Real: 5 deputados

Viseu: 9 deputados

Açores: 5 deputados

Madeira: 6 deputados

Europa: 2 deputados

Fora da Europa: 2 deputados

+++ Santarém perde um deputado, Setúbal ganha um +++

Relativamente a 2011, o círculo eleitoral de Santarém vai eleger menos um deputado nas legislativas de outubro, ganhando Setúbal mais um lugar no parlamento, de acordo com o mapa aprovado pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).

+++ Número de candidatos às eleições +++

No total, são 4.532 os candidatos a deputados nestas eleições. Destes, 3.456 são efetivos e 1.076 são suplentes, segundo a Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI).

+++ As 10 freguesias com mais eleitores +++

União das Freguesias de Cascais e Estoril (Cascais, Lisboa): 55.617 eleitores

Algueirão – Mem Martins (Sintra, Lisboa): 53.158 eleitores

Odivelas (Odivelas, Lisboa): 51.499 eleitores

União das freguesias e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias (Oeiras, Lisboa): 50.929 eleitores

São Domingos de Rana (Cascais, Lisboa): 46.637 eleitores

União das freguesias de Mafamude e Vilar do Paraíso (Vila Nova de Gaia, Porto): 45.909 eleitores

União das freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas (Almada, Setúbal): 45.536 eleitores

Rio Tinto (Gondomar, Porto): 44.639 eleitores

União das freguesias de São Mamede de Infesta e Senhora da Hora (Matosinhos, Porto): 44.638 eleitores

São Sebastião (Setúbal, Setúbal): 44.263 eleitores.

+++ As 10 freguesias com menos eleitores +++

Mosteiro (Lajes das Flores, Açores): 29 eleitores

Caveira (Santa Cruz das Flores, Açores): 68 eleitores

Fajãzinha (Lajes das Flores, Açores): 71 eleitores

Lajedo (Lajedo das Flores, Açores): 98 eleitores

Cedros (Santa Cruz das Flores, Açores): 130 eleitores

São João do Peso (Vila de Rei, Castelo Branco): 136 eleitores

Lomba (Lajes das Flores, Açores): 146 eleitores

Pessegueiro (Pampilhosa da Serra, Coimbra): 152 eleitores

Madeirã (Oleiros, Castelo Branco): 155 eleitores

Desejosa (Tabuaço, Viseu): 156 eleitores

+++ Os 10 concelhos com mais eleitores +++

Lisboa: 496.743 eleitores

Sintra: 306.372 eleitores

Vila Nova de Gaia: 263.258 eleitores

Porto: 216.038 eleitores

Cascais: 174.361 eleitores

Loures: 165.382 eleitores

Braga: 161.711 eleitores

Matosinhos: 150.978 eleitores

Almada: 148.762 eleitores

Oeiras: 145.197 eleitores

+++ Os 10 concelhos com menos eleitores +++

Corvo (Açores): 338 eleitores

Lajes das Flores (Açores): 1.279 eleitores

Barrancos (Beja): 1.389 eleitores

Santa Cruz das Flores (Açores): 1.919 eleitores

Alvito (Beja): 1.938 eleitores

Mourão (Évora): 2.293 eleitores

Alcoutim (Faro): 2.649 eleitores

Arronches (Portalegre):2.669 eleitores

Monforte (Portalegre): 2.741 eleitores

Fronteira (Portalegre): 2.805 eleitores

 

[Fonte: Comissão Nacional de Eleições (CNE) e Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI)]
Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade