IMG_6106
Vila Verde

Festa das Colheitas marca forte na dinamização económica e turística de Vila Verde (c/vídeo)

Agricultora agregada ao sector do turismo são fórmula de sucesso. Esta foi nota dominante no discurso de António Vilela, edil de Vila Verde, que abriu hoje uma dos certames mais marcantes da região: “A Festa das Colheitas”. Até 18 de outubro o Campo da Feira é passagem obrigatória pra o país.

Inserida na Rota das Colheitas, que vem já de agosto, a festa integra a XXIV Mostra de Produtos Regionais e todos esperam “a melhor edição de sempre” num concelho marcante para a agricultura.

“Vila Verde contribuiu em grande parte para uma revolução na agricultura portuguesa, apresentando-se como um território de grande dinâmica”, garantiu Mário Silva, Diretor Regional Adjunto da Agricultura e Pescas do Norte.

Palavras do gosto do presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, que destacou a “evolução notável de um certame que conta hoje com 166 expositores e mais de 50 iniciativas”. “Um evento consolidado que já ultrapassou largamente as fronteiras do concelho e com grande impacto a nível regional, nacional e até internacional, porque começamos a ter bastantes visitantes de Espanha”, destacou António Vilela.

O edil apontou a agricultura e o turismo como os setores âncora no desenvolvimento económico do concelho e do país. “Grandes investimentos que estão a transformar a face de Vila Verde no que diz respeito ao aproveitamento do solo e à criação de emprego. Fomos dos concelhos que mais cresceram na produção pequenos frutos e na recuperação da vide. Estamos a seguir o mesmo caminho em relação aos cogumelos. Neste momento, temos cerca de 25 produtores de cogumelos e mais algumas dezenas de projetos a nascer”, referiu António Vilela, acrescentando que é importante a organização dos produtores em cada setor, para, em conjunto, poderem almejar objetivos mais ambiciosos.

O presidente da União de Freguesia de Vila Verde e Barbudo destacou a importância do evento na dinamização local. ” Sem dúvida que Vila Verde e Barbudo são o epicentro da região nestes dez dias. É com orgulho que vemos este evento no Campo da Feira”, frisou, apontando para o futuro mais dinamização local para tentar manter o Campo da Feira com dinâmica todo o ano.

Mota Alves, presidente da ATHACA, lembrou que a Festa das Colheitas tem desempenhado um contributo “fundamental na promoção do concelho de Vila Verde em todo o país”, destacando, a par da agricultura, o setor da gastronomia como um dos ex-líbris do evento. “É uma marca importante de diferenciação do território, iniciativa pioneira e vanguardista, um autêntico porta estandarte nacional no que a eventos relacionados com o mundo agrícola diz respeito”, afirmou.

IMG_6106 IMG_6099 IMG_6081 IMG_6071 IMG_6074

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade