salva
Braga Região

Aprovada cedência de terrenos para centro de formação do Sporting de Braga

A cedência dos terrenos para o futuro centro de formação do Sporting de Braga foi hoje aprovada em assembleia municipal (AM), com os votos contra do Partido Socialista (PS) e do Bloco de Esquerda (BE).

Apesar da muita discussão em torno da questão, a minuta do projeto foi aprovada com 43 fotos favoráveis, da coligação PSD/CDS-PP e da CDU, e 19 votos contra de PS e BE, registando-se ainda três abstenções.

As obras da futura academia do Sporting de Braga devem, assim, arrancar já em novembro.

Foi ainda aprovada uma proposta da CDU (41 votos a favor, 15 contra e duas abstenções), que recomendou a inclusão do edifício das inacabadas piscinas olímpicas, contíguo ao Estádio Municipal de Braga, na cedência dos terrenos, de forma a ali nascer um pavilhão multiusos.

Esta recomendação será agora apreciada e discutida em reunião da câmara municipal de Braga na segunda-feira.

O projeto deve desenvolver-se em duas fases, a primeira das quais a construção do centro de formação do futebol do clube, orçado em cinco milhões de euros, e cuja conclusão está prevista para antes do início da próxima época.

A segunda fase corresponderá à construção do pavilhão multiusos, que pretende reaproveitar as inacabadas piscinas olímpicas contíguas ao Estádio Municipal de Braga, onde já foi feito um investimento na ordem dos nove milhões de euros.

António Salvador pretende que o pavilhão arranque mal o centro de formação esteja construído e que a sua edificação tenha a duração de um ano, ou seja, que esteja concluído no segundo semestre de 2017.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade