IMG_6071
Vila Verde

António Vilela e Júlia Fernandes falam em “sucesso” na hora de balanço da “Festa das Colheitas”

O presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, não escondeu a satisfação pelo sucesso de um evento “festa das Colheitas” que se vem afirmando de forma cada vez mais perentória no panorama nacional.

“O balanço é extremamente positivo e é com grande satisfação que constatamos que a Festa continua a crescer. Tivemos este ano o maior número de stands de expositores de sempre [166] e, apesar de em alguns dias o clima não ter ajudado, as pessoas compareceram em massa e demonstraram claramente o carinho que sentem pela iniciativa”, referiu.

Um conjunto de predicados que permite augurar um futuro auspicioso para o certame. “Estes indicadores dão-nos confiança e mostram que há condições para a Festa das Colheitas continuar a crescer. É com esse objetivo que vamos continuar a trabalhar, para colocarmos o evento numa posição de ainda maior relevo no panorama nacional”, afirmou António Vilela, acrescentando que a recetividade do público faz com que a estratégia municipal de promoção do território através da promoção da tradição e da cultura vilaverdense se assuma claramente como uma aposta ganha.

“O pulsar genuíno do mundo rural e da tradição minhota”

Por sua vez, a vereadora da Cultura, Júlia Fernandes, enalteceu o trabalho desenvolvido pelos parceiros locais que, em conjunto com o Município de Vila Verde, permitiram dar corpo a um evento ímpar, que se assume como “uma homenagem à época das colheitas e ao mundo rural”.

A vereadora teceu ainda rasgados elogios ao rigor com que foram preparadas as recriações de práticas agrícolas ancestrais, apontando o novo recordo do Guiness, o Encontro de Tocadores de Concertinas, a Festa do Caurdo e o Festival Gastronómico, como alguns dos momentos mais altos de uma programação rica e diversificada. Nota de realce também para o I Encontro de Cavaquinhos, que trouxe ao Palco das Colheitas mais de duas dezenas de grupos de toda região.

“Um momento assinalável que surge na senda da estratégia de valorização e promoção deste instrumento tradicional da tocata popular. Queremos que seja cada vez mais notado e usado, tal como aconteceu com a concertina há uns anos, torná-lo ainda mais popular e fazer com que os jovens adiram a este instrumento extraordinário”, frisou Júlia Fernandes, destacando ainda a projeção internacional obtida com a transmissão do no programa da TVI ‘Portugal Somos Nós’ em direto a partir de Vila Verde, com seis horas de reportagens sobre o que o concelho tem de melhor.

A vereadora concluiu, vincando que a Festa das Colheitas se afigura como uma oportunidade de excelência para “experiências únicas, que colocam os participantes em contacto com o pulsar genuíno do mundo rural e da tradição minhota”.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade