CMB26102015SERGIOFREITAS0000001477
Braga

Plano e Orçamento para 2016 reflecte gestão de rigor com ambição

Foi aprovado hoje, dia 26 de Outubro, em sede de Reunião do Executivo Municipal, as Grandes Opções do Plano e o Orçamento do Município de Braga para o ano de 2016. Os documentos de gestão municipal revelam que o Município de Braga vai gerir, em 2016, um orçamento de 98 milhões e 850 mil euros.

O autarca referiu que, actualmente, a gestão Municipal, além de transparente, deixou de ter uma ´atitude irresponsável´ na administração dos recursos públicos. “Foi fácil, no passado, fazer obras com pesados custos e encargos para os outros pagarem. Esse tempo acabou. Queremos gerir os investimentos com rigor e ambição, em função das nossas disponibilidades”, adiantou, explicando que grande parte do Orçamento é dirigido aos gastos com pessoal, transferências para as empesas municipais e encargos financeiros decorrentes dos empréstimos bancários.

“Tudo somado, o que fica liberto é um valor manifestamente reduzido, ainda mais numa fase em que damos prioridade à redução da carga fiscal e às medidas de apoio social que, inevitavelmente, limitam a capacidade de investimento”. A esse respeito, Ricardo Rio lembrou ainda que o Município pretende, no início do próximo ano, extinguir a SGEB, e com isso, garantir uma poupança de 3 milhões de euros, o que representará uma ´importante folga no Orçamento´.

Nesse sentido, o Autarca realçou que, para concretizar os projectos ambicionados, é ´fundamental´ contar com o financiamento comunitário. No âmbito da CIM Cávado, está já contratualizada uma verba que permitirá a melhoria dos equipamentos escolares da Escola de Gualtar, Merelim S. Pedro e São Lázaro. A esse junta-se o Pano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), que tem um valor de referência de 50 milhões de euros que viabilizará projectos como o Mercado Municipal, requalificação do PEB, Fábrica Confiança, Francisco Sanches, entre outros, e o financiamento em programas dirigidos.

Por outro lado, Ricardo Rio garantiu que alguns projectos, no caso de não terem acesso a fundos comunitários, serão realizados com recursos próprios. “No próximo ano estamos à espera de uma poupança corrente a rondar os 20 milhões de euros, que será canalisada para investimentos realizados pela Autarquia em projectos próprios, como a intervenção no Pavilhão Flávio Sá Leite ou a Pousada da Juventude, que irão avançar com ou sem acesso aos fundos europeus”, disse.

“Ganho absoluto para os munícipes e para o Concelho”

Em jeito de balanço dos dois anos de mandato do actual Executivo Municipal, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, sublinhou que os benefícios são evidentes nas mais diversas áreas de actuação. “Tudo o que se fazia de positivo no passado foi preservado, melhorado e reforçado. A juntar a isso, desenvolvemos uma dinâmica e uma actuação que revelam um ganho absoluto para os munícipes e para o Concelho”, afirmou.

“A dinâmica económica está transfigurada face ao que acontecia no passado, a vitalidade cultural da cidade e seus agentes e espaços é uma realidade distinta, o Município apostou no reforço das políticas sociais, generalizámos os contratos-programa desportivos com todas as colectividades, incluindo o desporto adaptado, recebemos eventos de âmbito nacional, valorizamos o património e poderia elencar muitas outras medidas que retractam a mudança de paradigma em Braga”, garantiu o Edil.

Por fim, o Edil elogiou o ´trabalho de excelência´ que tem sido feito nas empresas municipais. “O Theatro Circo tem conquistado novos públicos e presenteou a cidade com comemorações ímpares do centenário; a BragaHabit está em condições de servir melhor a população e abraçar outros desafios na área da regeneração urbana, apoio ao arrendamento no centro histórico e reabilitação de espaços mais degradados; os TUB congelaram os aumentos dos tarifários e a AGERE teve, em 2014 e 2015, o menor aumento da última década, estando previsto o congelamento dos tarifários para 2016 e a sua redução em 2017”, assegurou.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade