A (18)
Cultura Destaque Vila Verde

Fim de Semana Gastronómico fechou com chave de ouro a Rota das Colheitas

(crónica/redação) As deliciosas iguarias da gastronomia regional, as especialidades de doçaria e pastelaria, os espaços de cultura abertos em horário alargado, os descontos nos espaços de alojamento, as belas paisagens verdejantes e as gentes hospitaleiras.

Não faltaram motivos de interesse para as centenas de pessoas que se deslocaram a Vila Verde no passado fim de semana, 27 a 29 de novembro, para o Fim de Semana Gastronómico ‘Vila Verde, Capital do Pica no Chão’ e para a V Mostra ‘Doces – Sabores da Nossa Terra’.

O Pica no Chão e o Pudim Abade de Priscos, as ‘estrelas da companhia’, foram, de facto, os mais procurados pelos visitantes. E alguns vieram de bem longe para degustar os manjares divinais que os chefs vilaverdenses preparam. Em Soutelo, almoçava um casal da Ponte da Barca, em Vila Verde um grupo de amigos do Porto e em Ponte S. Vicente uma família de Cascais.

Foi assim um pouco por todo o concelho, nos restaurantes e espaços de alojamento aderentes, numa iniciativa que gerou uma grande dinâmica turística e económica. É caso para dizer que se fechou com chave de ouro a programação Na Rota das Colheitas!

A garantia é dada pelos estabelecimentos aderentes. A procura foi grande e o evento um sucesso! Todos falam em uníssono quando dizem que no próximo ano será certamente para repetir e, dado o sucesso desta edição, é expectável que o leque de espaços aderentes continue a aumentar.

A boa gastronomia deu o mote para um fim de semana à descoberta das maravilhas do concelho de Vila Verde. Para combater as calorias acumuladas perante uma oferta gastronómica tão rica e variada, nada melhor que uma caminhada pelas verdejantes encostas do Vade que escondem paisagens naturais de enorme beleza. Mais de meia centena de pessoas participaram no Trilho do Vade, uma atividade que colocou os participantes em contacto direto com a natureza no seu estado mais puro.

O evento assinalou ainda o fim da edição de 2015 da programação turístico cultural Na Rota das Colheitas. Uma programação que se estendeu ao longo de quatro meses, com largas dezenas de iniciativas um pouco por todo o concelho. Da recriação de práticas agrícolas ancestrais às festas e romarias, da gastronomia ao artesanato, passando pela música popular, não faltaram atividades em que sobressaiu a tradição minhota na sua forma mais genuína.

Vila Verde assumiu-se como um concelho que alia de forma harmoniosa modernidade e tradição, que se orgulha das suas raízes e nelas constrói os alicerces de dinamização e promoção do território. E os resultados estão à vista. Do início de agosto ao final de novembro, milhares de pessoas que visitaram o território vilaverdense e se renderam aos encantos do mundo rural.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade