Amares Cultura Região

I jornadas sociais de Amares arrancaram com casa cheia

 

Foi uma plateia repleta aquela que se juntou no Auditório Conde Ferreira para assistir ao primeiro dia das Jornadas Sociais de Amares, ontem dedicadas ao tema “Envelhecimento e Incapacidades”.

Na sessão de abertura, o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, congratulou-se com a afluência de participantes desta que considera ser uma iniciativa que “vem enriquecer o concelho pela pertinência dos temas abordados e pela diversidade de experiências de vida que vão ser partilhadas ao longo dos três dias em que vão decorrer as jornadas”.

Também a vereadora da Ação Social do Município, Cidália Abreu, reconheceu a importância de refletir sobre as temáticas abrangidas nos vários painéis que, entre hoje e sexta-feira, vão ser objeto de análise nesta atividade.

O primeiro interveniente foi o jovem Tomás Coimbra que deu a conhecer um projeto inovador – o “Semear”, um programa de integração no mercado do trabalho no setor agroalimentar de jovens adultos com dificuldades inteletuais.

Seguiu-se um momento descontraído e emotivo protagonizado pelo Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, de Aveiro, um espaço que acolhe lar, centro de dia e apoio domiciliário e que funciona como um verdadeira “casa familiar”, explicaram Ângelo e Sofia, acompanhados por dois dos utentes e por dois cães que fazem parte da “família”.

Os jovens apresentaram alguns dos projetos que desenvolvem no centro comunitário com os utentes e que fazem com que eles se “sintam em casa e em família”.

As I Jornadas Sociais decorrem até amanhã. Hoje o dia vai ser dedicado ao sucesso educativo e amanhã, dia 29 de abril,  vai contar com a inovação social e a sustentabilidade das organizações como tema central.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade