Ed- SEMANARIO-V-EXTENSO-PNG
Editorial Paulo Mesquita

Editorial: Oligarquia local em movimento

Com pouco mais de um ano de antecedência, começam os preparativos. Por um lado, vemos António Vilela a iniciar a sua campanha às autárquicas numa reunião de câmara! Sim, parece quase surreal, mas o que não é em Vila Verde? Vilela levou para aprovação projectos de rede de saneamento para sete freguesias do concelho, cujo valor ascende a 6 milhões de euros. Projectos estes que serão submetidos a candidaturas a fundos comunitários. Mas qual dos vereadores votaria contra? Nenhum, claro está. Mas ao menos deu notícia. José Morais acusou o presidente de trazer assuntos a reunião de câmara de forma propagandista, e que este já começou a fazer campanha eleitoral.

Por seu turno, Morais iniciou uma tour pelas IPSS’s de Vila Verde. Também deu notícia. Não poderá isto ser entendido também como o arranque da sua campanha eleitoral?

A conspícua ideia de que o povo dorme, é insultuoso a qualquer dos eleitores. O povo anda mais atento e informado. A promiscuidade atingiu o seu apogeu no tempo. As pessoas andam cansadas de promessas (muitas) e carentes de acções que beneficiem (mesmo!) as suas vidas.

A oligarquia local é demasiado hipócrita para levar ideais políticos com a seriedade que lhe devemos. No entanto, esta restabelece as suas forças, e os tais “núcleos duros” vão começar a dar a cara. É esperar para ver.

O desvario praticado nas campanhas eleitorais com uma intrínseca megalomania dos actores políticos, leva-me a desacreditar que em 2017 Vila Verde possa ver um rumo positivo de mudança.

Print Friendly

Comentários

Paulo Moreira Mesquita

Paulo Moreira Mesquita

Diretor Semanário V

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade