JMF::PSD
JMF::PSD
Amares Destaque Região Vila Verde

José Manuel Fernandes quer manter câmara Vila Verde e conquistar Amares em 2017

A manutenção das sete câmaras que o partido detém e a conquista de outras, entre as quais Guimarães e Barcelos, são os objetivos do PSD para as próximas autárquicas no distrito de Braga, apontou hoje o líder distrital.

José Manuel Fernandes, que foi reeleito esta noite de sexta-feira presidente da Distrital do PSD em lista única, disse ainda que Amares é outra câmara que está “seguramente na mira” dos sociais-democratas.

“Não vamos perder nenhuma das câmaras que atualmente detemos e vamos conquistar outras”, afirmou.

No distrito, o PSD é atualmente poder em Braga, Famalicão, Esposende, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Celorico de Basto e Vila Verde.

O PS também tem sete câmaras, designadamente Guimarães, Barcelos, Fafe, Amares, Cabeceiras de Basto, Vizela e Terras de Bouro.

“Seria muito bom para o distrito que as duas câmaras do Quadrilátero Urbano que não são do PSD [Barcelos e Guimarães, ambas socialistas] tivessem uma dinâmica semelhante às que são do PSD”, referiu José Manuel Fernandes.

O foco da Distrital estará, assim, na conquista daquelas duas câmaras, sendo que, no caso de Barcelos, o PSD quer aproveitar a cisão registada no seio do PS local.

“Em Barcelos, vimos assistindo a um espetáculo degradante por parte do PS, a que o PSD vem contraponto uma postura de serenidade, em defesa dos interesses das populações”, disse ainda José Manuel Fernandes.

No caso de Amares, o PSD local já anunciou que deverá apostar no atual autarca socialista, Manuel Moreira, que entretanto até já chamou para o seu executivo o líder local social-democrata.

“No fundo, o PSD já é, de certa forma, poder na Câmara de Amares, uma questão que queremos oficializar nas próximas Autárquicas”, disse José Manuel Fernandes, garantindo que nenhuma das câmaras detidas pelos socialistas está descurada.

Dos atuais presidentes de câmara eleitos pelo PSD no distrito de Braga, apenas o de Póvoa de Lanhoso, Manuel Batista, não se poderá recandidatar, devido à lei de limitação de mandatos.

Print Friendly

Comentários

Tags

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade