José Morais
Destaque Vila Verde

“Não é a DGEstE que está a fechar turmas em Vila Verde”, diz José Morais que aponta afirmações de Vilela como “falsas”

O vereador José Morais esteve hoje de manhã na DGEstE-Norte, onde reuniu com responsáveis do organismo, com o objetivo de encontrar soluções para a anunciada redução das turmas em Turiz, Vade (Atães) e Soutelo.

“A DGEstE deixou garantias de que está disposta a manter as turmas no Vade (Atães) e Soutelo desde que o Agrupamento de Escolas proceda à necessária reorganização, mantendo o número de alunos necessários à constituição das turmas. Aliás, esta foi a solução que permitiu resolver já o problema que ontem na imprensa se anunciou existir em Turiz”, destacou José Morais, em nota enviada à imprensa.

José Morais aproveitou ainda para esclarecer que quem anda a fechar escolas é a Câmara de Vila Verde e não a DGEstE.

“Falta à verdade quem afirma que a DGEstE mandou encerrar turmas em Vila Verde. É falso. A DGEstE terá, quando muito, analisado o número de alunos por escola, proposto e enviado pelo Agrupamento de Escolas, que, não cumprindo o normativo lega em vigor, terá de ser reajustado”, acusou.

Vilela está zangada com um norma aprovada pelo antigo Governo PSD

“O presidente de Câmara, ontem, mostrou-se revoltado e indignado. Estará certamente revoltado e indignado com o normativo legal atualmente em vigor (7B/2015), aprovado pelo anterior Governo PSD e causador desta situação”, frisou, para logo de seguida esclarecer que os organismo “não podem fugir às responsabilidades”.

“Quando se fala de crianças, da sua aprendizagem, do bem-estar delas e das famílias há o dever de falar verdade! Não é possível que responsáveis concelhios se escudem nestes organismos fugindo às suas próprias responsabilidades”, destacou José Morais, que acrescenta ainda que  “o PS, através dos seus eleitos locais e representantes na Assembleia da República, continuará a acompanhar este caso com a atenção que o mesmo merece”.

“Procurando encontrar soluções que vão ao encontro dos anseios de pais e alunos. Saúdam-se ainda os autarcas das freguesias referenciadas, que com manifesta e genuína preocupação pretendem defender os interesses da sua população”, finalizou em nota de imprensa.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade