20160729_124740
Desporto Destaque Vila Verde

Organização de Vila Verde serve de “exemplo” para a Taça do Mundo de Maratona na China em 2017

Uma delegação da China, com cerca de 10 elementos, acompanha a Taça do Mundo de Maratona em Canoagem Vila de Prado 2016, já a preparar a edição de 2017, que vai decorrer naquela País. Durante os três dias de competição, na zona do Faial, os membros da delegação chinesa “aprendem” com a organização de Vila Verde, sob a orientação da Federação Portuguesa de Canoagem e a supervisão da Internacional Canoe Federation (ICF).

Os detalhes organizativos, da logística (tendas, áreas de funcionamento, espaços de apoio, secretariado, alojamento, transporte, hangares, segurança, entre outros) à competição (metas, plataformas, portagens, juízes), passando pelos timings para o organigrama da prova e pela própria acreditação dos Países, atletas, comitivas, imprensa, voluntários, entre outros, estão a ser transmitidos aos membros da delegação da China.

Capacidade organizativa de topo

«A qualidade organizativa – graças ao esforço conjunto da Câmara Municipal de Vila Verde, do Clube Náutico de Prado e da Federação Portuguesa de Canoagem – estão a merecer grandes elogios», assinala o Vereador do Desporto do Município de Vila Verde, Patrício Araújo.

Este vinca que «é um orgulho perceber que Vila Verde, a Vila de Prado, estão ao nível da exigência colocada pelas mais altas instâncias internacionais.

É lógico que o Faial, a Vila de Prado, tem condições únicas ao nível do “espelho de água”, um Rio Cávado que é uma das maravilhas naturais que atravessa o concelho de Vila Verde. Juntamos um grande clube, o Clube Náutico de Prado, e uma direcção empenhada, dinâmica e unida.

Construímos instalações de topo mundial e já estamos a capitalizar todo o investimento feito em requalificação e valorização das margens com o acolhimento de provas internacionais ao mais alto nível».

A nova capital mundial canoagem

Na óptica do Vereador da tutela, «depois de cumpridos os timings de montagem, criadas as condições logísticas para a competição e de geradas dinâmicas para que tudo corra de forma quase perfeita, Vila Verde e a Vila de Prado vão projectar ainda mais o concelho e fechar esta “prova de fogo” com nível de “excelência”».

E encerra com a convicção: «como tem afirmado o senhor presidente da câmara, António Vilela, vamos transformar a Vila de Prado numa das capitais mundiais da canoagem».

Faz ainda questão de referir «a excelente colaboração das entidades externas à competição, a Agência Portuguesa do Ambiente, a própria EDP e os Municípios vizinhos (Braga e Amares), que colaboraram estreitamente no cumprimento dos pressupostos necessários à realização desta tão importante prova».

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade