Destaque Vila Verde

GNR confirma um morto, um detido e outro em fuga depois de noite de assaltos no vale do Cávado e Homem

Noite de assaltos em Braga, Vila Verde, Amares e Guimarães terminou com uma morte, quando um dos fugitivos se atirou ao rio Homem, na freguesia da Loureira, acabando por se afogar. Tudo aconteceu por volta das 06:30 horas da madrugada desta quinta-feira, quando uma patrulha da GNR de Prado detetou, depois da alerta de Braga, uma sucessão de assaltos “às raspadinhas”.

Depois de passarem pelas Taipas, Amares e Braga, um dos cafés assaltados foi a “Montalegrense”, os três jovens foram ao café Cruzeiro, na Lage, para realizar novo assalto.

Foi aqui que a patrulha da GNR detetou o carro, um Fiat Uno, alegadamente furtado. A fuga às autoridades, depois de desobedecerem a uma paragem STOP, sendo mesmo dado um tiro par ao ar, durou três quilómetros e terminou em despiste na entrada da Ponte Nova, na Loureira.

A GNR conseguiu deter um dos indivíduos, de Prado. Um segundo, da Loureira, fugiu, sendo que um terceiro, conhecido por “Rato” de Braga, atirou-se ao rio, mas acabou por morrer afogado.

“Ainda tentamos o salvar, mas não conseguimos”, adiantou o capitão Fernandes, da GNR de Braga, em declarações à imprensa.

Os Bombeiros Voluntários de Amares conseguiram retirar o corpo do jovem, a três metros de perfundidade, perto das 07:15 horas, sendo que este acabou por ser transportado para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Braga.

A GNR e PJ investigam agora o caso.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade