img_6379
Destaque País Vila Verde

Desmantalado em Vila Verde por burla com compra de automóveis publicitados na Internet faz 46 arguidos

O Ministério Público no DIAP da Comarca do Porto acusou 46 arguidos de burla qualificada e associação criminosa, num processo que tinha núcleo em Vila Verde e relacionado com a compra de produtos publicitados na internet, sobretudo automóveis, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital do Porto. O caso foi revelado pelo V em novembro de 2015.

Em nota publicada no seu site, a Procuradoria acrescenta que entre os crimes imputados aos arguidos se contam ainda falsificação de documentos, extorsão, abuso de confiança, condução sem habitação legal, detenção de arma proibida e recetação.

De acordo com a acusação, os arguidos organizaram-se em grupo, no qual sete deles integravam um núcleo “preponderante, decisor e líder”.

“Assim organizados, de meados de 2013 a outubro de 2015, repartindo tarefas entre si, selecionaram anúncios de venda colocados em plataformas digitais da internet, contactaram os vendedores manifestando o seu interesse na compra e encontraram-se pessoalmente com eles, convencendo-os a consumar o negócio”, refere a nota da Procuradoria.

O V acompanhou as buscas e acompanhou o processo, que envolveu um carro “E Fatura”.

(Notícia completa na edição impressa do V, 9 de novembro)

 

 

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade