Casa da Cultura
Ponte da Barca

PSD acusa Câmara de Ponte da Barca de utilização abusiva de espaços municipais

O PSD Ponte da Barca acusou a Câmara PS de “discriminação e utilização abusiva” de espaços municipais “para fins partidários” a propósito de um colóquio sobre educação que prevê a participação do ministro Tiago Brandão Rodrigues.

Em causa está um colóquio anunciado para o próximo sábado, na Casa da Cultura daquele concelho do distrito de Viana do Castelo. A iniciativa, com o tema “Educação Presente e Futuro” é organizada pela Juventude Socialista (JS) do Alto Minho, Ponte da Barca e Arcos de Valdevez, e tem como oradores convidados o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e o deputado e secretário-geral da JS, João Torres.

Já o edil, presidente da Câmara de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, referiu “tratar-se de um colóquio sobre educação e não de uma iniciativa político-partidária, em que todas as pessoas, dos mais diversos quadrantes políticos, podem participar”. “A Casa da Cultura tem sido utilizada para as mais diversas iniciativas e tem lá estado gente de todos os quadrantes políticos. Só não se podem lá realizar comícios”, afirmou o autarca socialista.

 

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade