tiro1
Desporto Destaque Vila Verde

Atiradores de todo o país ajudaram os Bombeiros de Vila Verde

Realizou-se durante a manhã deste domingo (27), o Open de Cabanelas, no Complexo de Tiro de Cabanelas, cujo preço das inscrições reverteu a favor dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde (BVVV).

Foram 24 os atiradores vindos de locais tão distantes como Lisboa ou Tavira, e que pagaram 30 euros de inscrição, o que dá 720 euros para ajudar os BVVV. Houve inclusive um atirador natural do Kosovo, a residir em Lisboa, que marcou presença em Cabanelas.

José Gonçalves, presidente da Sociedade de Tiro de Braga, que organizou o evento,  conta que a ideia surgiu de um atirador de Tavira, e que foi depois proposta à Junta de Freguesia de Cabanelas, que deu apoio com os troféus (um para cada participante).

“Isto correu bem, mas é sempre preciso apoio para conseguir mais gente neste tipo de eventos”, disse José Gonçalves ao Semanário V, por entre tiros nas seis pistas disponíveis para os atiradores. “Este evento foi solidário para com os Bombeiros, mas pretendemos organizar outros no próximo ano, também a reverter para a ação social”, finalizou o bracarense com “raiz” familiar em Cabanelas. Os Escuteiros de Cabanelas também ajudaram no evento.

Alguns dos atiradores deslocaram-se no final até ao Salão Paroquial de Cabanelas para participar na festa “Sopas e Caldos”, com cariz solidário para a requalificação da residência paroquial de Cabanelas.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade