lagarta
Destaque Vila Verde

Vila Verde. Unidade de Saúde Pública lança alerta para a “lagarta do pinheiro”

O departamento de Saúde Pública de Vila Verde, através do coordenador José Araújo, lançou um alerta para a praga da lagarta do pinheiro, que tem maior incidência entre os meses de janeiro e abril.

“Nos últimos anos têm-se observado ataques de elevada intensidade desta praga, facto que se atribui principalmente às condições climáticas verificadas”, esclarece o comunicado enviado pelo coordenador.

No mesmo comunicado, é aconselhado a não se proceder ao abate das árvores que contenham ninhos de lagarta de pinheiro. Ao invés, é aconselhada a destruição mecânica do ninho.

“Podem colocar-se cintas de papel ou plástico embebido nas duas faces com cola inodora à base de poli-isolbutadieno, à volta da árvore para que as lagartas ao descerem do tronco fiquem aí coladas”, informa o comunicado, alertando no entanto que “não é um método totalmente eficaz porque as primeiras lagartas ficam retidas mas as seguintes passam-lhes por cima e continuam as procissões”.

Outra forma,  no solo, podem juntar-se com auxílio de um utensílio, com cuidado para que não se “levantem” os pêlos urticantes, e queimá-las de seguida. “O operador deve estar completamente protegido (óculos, máscara e luvas), deve-se cavar o solo, se se conseguir identificar os locais de enterramento, de modo a expor as pupas já formadas”, aconselha a Unidade de Saúde Pública sobre a praga.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade