Braga Destaque Vila Verde

Tribunal. Deputado do PSD Rui Silva “suspeito” em investigação de corrupção

O deputado do PSD Rui Silva é “suspeito” na investigação que envolve o presidente da câmara de Vila Verde, detido terça-feira para interrogatório indiciado pelos crimes de corrupção, prevaricação e abuso de poder.

O nome de Rui Silva, que foi vice-presidente da autarquia de Vila Verde e presidente do conselho de administração da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), segundo consta na biografia do deputado no sitio da Internet da Assembleia da República, foi referido como sendo “suspeito” no despacho judicial que estipulou as medidas de coação do autarca António Vilela (PSD) e do proprietário da EPATV, João Nogueira.

No referido documento judicial, a juíza de instrução criminal Magda Cerqueira aplica como medida de coação aos dois indiciados a “obrigação de não contactarem por qualquer meio, pessoalmente ou por interposta pessoa, um com o outro, ou qualquer dos arguidos com o suspeito Rui Silva, bem como as testemunhas identificadas nos autos ou os funcionários da Escola Profissional Amar Terra Verde”.

(Notícia completa na edição do V, 22 de fevereiro)

 

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade