filipe-lopes
Filipe Lopes Opinião

Opinião de Filipe Lopes: “E se pagar o lixo pela quantidade que produz?”

O Município de Vila Verde no ano de 2013 através de um concurso público internacional adjudicou o serviço de recolha de Resíduos Sólidos Urbanos, onde teve como objetivo a sua melhoria e de economizar recursos através da implementação de novos equipamentos e de novas metodologias de recolha.

Analisando os dados estatísticos referente ao ano de 2016, o Município de Vila Verde tem um custo associado ao aterro no Ecocentro da Braval, localizado na Póvoa de Lanhoso, de cerca de 27.769.20 euros por mês, a somar ao custo do serviço de recolha de Resíduos Sólidos Urbanos através do contrato de prestação de serviços anteriormente descrito, nomeadamente 43.725,00 euros por mês.

No ano de 2016 foram recolhidas 12.096,37 toneladas de lixo, o que dá uma média mensal de 1.008,08 toneladas, ou seja, por cada tonelada de lixo produzido no nosso concelho o município pagou 70.93 euros.

Atualmente em Vila Verde só paga tarifa do lixo quem tiver contrato de abastecimento de água pública, onde uma grande parte dos munícipes e empresas não pagam a referida taxa, muitos menos saber quem produz mais ou menos lixo no nosso concelho.

Relativamente a esta matéria entendo que é necessário implementar no Concelho de Vila Verde, uma nova geração de contentores de recolha de resíduos sólidos urbanos, onde tenha um sistema informático que permite fazer uma gestão rigorosa relativamente à quantidade de lixo que cada munícipe ou empresa produz, bem como o seu nível de enchimento.

Este processo teria que começar com a adesão do munícipe ou empresa para a obtenção de um cartão de acesso para depósito do lixo, que posteriormente seriam devidamente taxados com mais rigor.

É evidente que com a introdução destes sistemas inteligentes, torna-se mais justo, pois só paga a tarifa de recolha de lixo pela quantidade que produz!

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade