ieminho
Braga Destaque Vila Verde

IEMinho. Alegada dívida do Estado coloca AIMinho em situação financeira “complexa”

O presidente da Associação Industrial do Minho (AIMinho), António Marques, admitiu hoje que a instituição tem “um problema gravíssimo de tesouraria”, mas manifestou-se convicto de que a situação se resolverá “a curtíssimo prazo”. A IEMinho, instalada em Vila Verde, Soutelo, e que faz parte da AIMinho, é outra das instituições com situação complexa financeira.

Em declarações, António Marques disse ainda que, no decorrer da primeira quinzena de abril, a AIMinho irá mover uma ação contra o Estado, para exigir o pagamento de uma alegada dívida de milhões de euros. António Marques escusou-se a revelar o valor da alegada dívida do Estado, sublinhando apenas que é “robusta”.

“A AIMinho tem, neste momento, um problema gravíssimo de tesouraria, que resulta do desfasamento entre aquilo que temos de pagar e aquilo que não nos pagam”, sublinhou.

Acrescentou que acredita que a situação se resolverá muito em breve, “quando as coisas forem normalizadas com o Estado”.

(Notícia completa na edição impressa do V)

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade