Paulo Sousa
Terras de Bouro

Autárquicas. MPT expulsa militante candidato independente em Terras de Bouro

O Movimento Partido da Terra (MPT) anunciou hoje que vai desencadear um processo disciplinar com vista à expulsão do militante Paulo Sousa, face ao seu “envolvimento” numa candidatura independente à Câmara de Terras de Bouro.

Em comunicado, o MPT refere que aquele envolvimento “viola os princípios éticos e as normas estatutárias” que regem o MPT.

Acrescenta que esta “situação inaceitável foi ainda agravada pelo facto de Paulo Alexandre Vieira e Sousa ter proferido falsas declarações, afirmando não ser militante do Partido da Terra”.

“A deturpação da verdade, através da ocultação não só da sua qualidade de militante de base, mas também de membro dos órgãos de direção do Partido da Terra, prendeu-se com a sua intenção de encabeçar uma coligação liderada pelo Partido Social Democrata, como foi noticiado em vários órgãos da comunicação social”, refere ainda o comunicado.

A Concelhia do PSD de Terras de Bouro tinha escolhido, com 62,07% dos votos, Paulo Sousa para ser o candidato do partido à Câmara de Terras de Bouro.

No entanto, a Distrital de Braga impôs outro candidato, designadamente Manuel Tibo, atual presidente da Junta de Freguesia de Moimenta e dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro.

Já Paulo Sousa, que em 2013 foi o cabeça-de-lista do MPT à Câmara de Terras de Bouro, disse que, desta vez, vai encabeçar uma candidatura independente.

Quanto à sua situação no MPT, Paulo Sousa disse estar convencido de que não é militante, sublinhando que já pediu à direção do partido para lhe dizer qual é o seu número ou para lhe enviar o cartão ou a ficha inscrição.

“Eu sou colaborador do MPT, isso sim. Agora, militante acho que não, mas não sei. Posso ter assinado algum documento que faça de mim militante. Mas hoje mesmo vou pedir ao partido que, no caso de ser militante, me considere imediatamente desvinculado”, acrescentou.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade