compasso camara vila verde
Vila Verde

Política. José Morais lamenta ausência de convite “pascal” que António Vilela afirma “não fazer sentido”

José Morais, vereador sem pelouro na Câmara de Vila Verde, lamentou a ausência de convite dos responsáveis do Município de Vila Verde para “beijar a cruz” durante o compasso pascal aos Paços do Concelho este domingo. Apenas a maioria social democrata teve direito à “aleluia”.

“Já tem vindo a ser um hábito desta câmara. Já o havia feito no ano passado e voltou a fazer este ano”, referiu ao V José Morais.

Já António Vilela disse, em declarações ao V, não entender o aziúme de José Morais e que “a câmara está de portas abertas a todos”.

“O senhor vereador sabe muito bem desta tradição. Podia cá vir que ninguém o ia colocar fora da câmara. Muitos vila-verdenses comparecerem e não foi preciso ter que os convidar com atos formais. Esta é uma casa de todos e todos são bem vindos. Se ele não veio foi porque não quis e está agora a querer criar mais um caso à José Morais”, frisou o presidente da Câmara de Vila Verde, que face à insistência se “convidou ou não José Morais”, disse não saber se houve algum convite seja para quem for.

“Não estive na câmara, por tal não sei como isso foi tratado”, vaticinou.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade