Bienal Escolas
Cultura Destaque Vila Verde

Cultura. Município entregou prémios da Bienal das Escolas

As obras de arte apresentadas pelos alunos da Escola Monsenhor Elísio Araújo, do Agrupamento de escolas de Vila Verde e pelos alunos da Escola Secundária de Vila Verde foram as grandes vencedoras da 6ª edição da Bienal na Escola de Vila Verde,

“Uma iniciativa que contribui de forma categórica para elevar a arte e cultura nas escolas vilaverdenses”, adianta o Município de Vila Verde.

A inauguração da exposição e a entrega de prémios realizou-se na quinta-feira (18), na Biblioteca Professor Machado Vilela de Vila Verde.

Segundo a vereadora da Cultura, Júlia Fernandes “Ao longo de seis edições procurou-se, através desta ação, mobilizar os alunos dos vários graus de ensino, assim como toda a comunidade escolar com o propósito de promover o desenvolvimento artístico das crianças e jovens, fomentar o espírito critico sob diferentes formas de interpretar e comunicar “o mundo” e tudo o que nos rodeia contribuindo-se deste modo para a formação de novos públicos e consequentemente para a afirmação de vila Verde, enquanto vila criativa.”

“Criar oportunidades para que os nossos jovens exponham o seu talento”

Presente na sessão, o presidente da Câmara de Vila Verde começou por deixar um agradecimento a todos os responsáveis pelas escolas concelhias, aos jovens artistas, ao júri e a todos os que de alguma forma se envolveram neste projeto e contribuíram para o seu sucesso.

António Vilela fez, ainda, questão de congratular todos os participantes, recordando que “a vida é feita de lutas e desafios, às vezes é preciso muita persistência para vencer. Espero que estes jovens conheçam o caminho do sucesso. Procuramos através desta iniciativa criar oportunidades para que os nossos jovens exponham o seu talento. A Bienal na Escola, tem dado um grande contributo para levar a arte e cultura aos nossos jovens.”

O edil vila-verdense reforçou que “com esta bienal pretendemos criar oportunidades para que os nossos jovens exponham o seu talento e é um evento de grande interesse artístico e cultura para toda a comunidade escolar. Por isso, agradeço a todos os jovens artistas que concorreram e espero que mais tarde se orgulhem de terem começado também aqui e de terem participado nesta Bienal na Escola.”

Cerca de quarenta trabalhos apresentados a concurso

Dos cerca de quarenta trabalhos apresentados a concurso e que estão expostos até 31 de maio, na biblioteca Prof. Machado Vilela, foram selecionados 3 grandes prémios (um por escalão) que serão propostos à avaliação do Júri de Premiação da Bienal Internacional de Arte Jovem que vai decorrer no próximo ano:

OS GRANDES PRÉMIOS SÃO:

– 1º Escalão:

“Riscando os Sonhos”, da Escola Monsenhor Elísio Araújo, do Agrupamento de escolas de Vila Verde

– 2º Escalão:

“Insectos Perdidos” da Escola Monsenhor Elísio Araújo, do Agrupamento de escolas de Vila Verde

-3º Escalão:

“Morfina” da Escola Secundária de Vila Verde

Bienal Escolas

Print Friendly

Comentários

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade