ESVV
Destaque Vila Verde

ESVV. Eleição de diretor pode ser anulada por irregularidades na Associação de Pais

A eleição de João Graça como diretor da Escola Secundária de Vila Verde (ESVV) está a gerar polémica e um dos candidatos derrotados moveu uma ação judicial contra o Ministério da Educação. O motivo será “irregularidades” no Conselho Geral (que é quem elege o diretor).

António Veloso, que teve nove votos contra os doze que elegeram João Graça, intentou um processo com o propósito de anular o ato de eleição, que decorreu no dia 12 de junho, assim como outros atos eleitorais levados a cabo para eleger os 21 membros do Conselho Geral.

Ao que o Semanário V apurou, em fonte junto ao processo que corre no TAF de Braga, a 12 de junho de 2017 o Conselho Geral não estava regularmente constituído nos termos da lei devido a irregularidades nas eleições para a Associação de Pais e Encarregados de Educação (APEE), uma das entidades representadas e que teve direito a três votos, o mesmo número de diferença dos votos do eleito para o queixoso.

(Notícia completa na edição impressa n.º 78 do Semanário V, já nas bancas)

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade