d Faria3
Desporto Destaque

Daniel Faria. “Gastei 700€ por dia para voltar ao futebol”

Daniel Faria foi um dos melhores defesas da sua geração… até que um dia os destinos da vida lhe fizeram uma finta. Ao V, o antigo craque do Gil Vicente, conta que o amor pelo futebol foi à primeira vista. “Tinha oito anos quando comecei a jogar futebol”, conta ao V. “Foi no Ferreirense, onde o meu pai era presidente e eu ia com ele… a partir desses tempos passei a pensar só em futebol”, acrescenta o atual diretor desportivo do Merelinense.

A formação foi feita entre o Ferreirense e o Ginásio da Sé, até que ingressou no Gil Vicente aos 13 anos. Aos 16, batia recordes, assinando o primeiro contrato profissional, e ficou por Barcelos nas 10 épocas seguidas, onde se assumiu como patrão da defensiva barcelense.

“Estive ainda emprestado ao Atlético de Valdevez, mas depressa regressei ao Gil”, conta o antigo defesa-central que também cumpria na direita. “Adaptava-me bem a todas as funções em campo”, revela o craque que nunca mais esquece a vitória frente ao FC Porto. “Ganhámos em Barcelos por 3-1, foi o jogo que mais me marcou… Nessa noite nem dormi”, confessa.

Mas o azar bateu cedo à porta de Daniel Faria. Aos 27 anos, fez três operações ao mesmo joelho, num espaço de dez meses, o que arruinou as possibilidades de continuar a carreira.

(Notícia completa na edição impressa  n.º 83 do Semanário V, já nas bancas em Vila Verde, Braga e Amares)

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade