Foto de Arquivo
Foto de Arquivo
Destaque Vila Verde

Vila Verde. Mais dois anos para gatuno que ameaçava matar junto à Secundária

Mais dois anos e três meses na cadeia de Paços de Ferreira para Bruno Costa, de 39 anos, que foi agora acusado de assaltar, agredir, e ameaçar de morte em frente à Escola Secundária de Vila verde, em caso que remonta ao final de 2014, avança a edição de hoje do JN.

O assaltante, natural de Vila Verde, furtou com outro homem e uma mulher, mas que nunca foram presos.

Bruno Costa foi parar atrás das grades depois de assaltar e atirar spray para os olhos de um jovem de Vila Verde, junto à Secundária.

Com a vítima indefesa, os gatunos roubaram 25 euros e um telemóvel, e o detido ameaçou mesmo a vítima que se fizesse queixa às autoridades, que o matava.

Bruno Costa atuou com mais dois comparsas, um dos quais uma mulher que perguntou à vítima se lhe indicava onde era a escola.

Quando a vítima foi indicar o caminho, os dois gatunos pararam numa carrinha, sendo aí que lhe atiraram o spray para os olhos.

A vítima de assalto acabou por ir à GNR de Vila Verde, que já tinha o assaltante referenciado, e localizou-o, tendo sido identificado pela vitima.

O homem já tinha quatro condenações por furto, burla qualificada e coação, e soma assim mais dois anos e três meses à pena que já estava a cumprir.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade