180112_1-low_0
Braga Destaque Região

Ensino. Centro de computação avançada na UMinho aprovado em Barcelona

Espanha e Portugal assinaram um acordo para a criação de um novo Centro de Computação Avançada da Universidade do Minho que vai albergar um “supercomputador”, numa parceria associada ao centro de pesquisa do Atlântico (AIR Center).

O Ministério da Economia, Indústria e Competitividade disse em comunicado que a assinatura foi realizada esta manhã na sede do Centro de Supercomputação de Barcelona – Centro Nacional de Supercomputação (BSC-CNS), na presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor, e o Secretário de Estado da R + D + i da Espanha, Carmen Vela.

Nesse sentido, o diretor do BSC-CNS, Mateo Valero; o presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia de Portugal (FCT), Paulo Ferrão e o reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro, assinaram o acordo para a criação do novo Centro de Computação Avançada, que será localizado na cidade de Braga e terá a ajuda estratégica e a experiência do BSC-CNS.

O acordo também inclui a implementação do projeto AIR_DataNet, como parte integrante do AIR Center (Atlantic International Research Center). Esta iniciativa internacional de pesquisa promovida por Portugal com a participação da Espanha e de outros países tem cinco eixos de atividade: espaço, atmosfera, mudanças climáticas, sistemas oceânicos e computação.

Este acordo assinado é o resultado da cooperação bilateral que foi fortalecida desde a XXIX Cimeira Hispano-Lusa há alguns meses atrás. Ambos os países são signatários da declaração internacional EuroHPC – assinada em Roma pela Alemanha, França, Espanha, Itália, Luxemburgo, Holanda e Portugal – cujo objetivo é que a Europa passe a contar, até 2022, com supercomputadores de nova geração.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade