1446393649_3c6a420642
Braga Destaque

Trabalho. Funcionária de bar do comboio “obrigada” a dormir na estação da CP de Braga

Uma funcionária da empresa que explora os bares de comboio da CP foi obrigada a passar a noite na estação de comboios da CP de Braga depois de não ter comboio para regressar a casa.

A denúncia foi feita ao espaço informativo online “AbrilAbril” que avança que a mesma tem um horário de 16 horas diárias imposto pela Servirail e que na noite de quinta-feira o comboio atrasou-se e esta acabou o dia de trabalho a dormir na estação de Braga.

O comboio em que a trabalhadora seguia em direção a Braga atrasou-se e, chegando ao destino, já não havia transporte para o Porto.  “Mandei mensagem a perguntar se cobriam o custo de um hotel ou do táxi e ainda não me responderam”, disse a mulher ao “AbrilAbril”, já depois de ter passado a noite na estação em Braga.

A funcionária da empresa responsável pelos bares dos comboios da CP teme que a situação se repita na próxima segunda-feira.

“Obrigada a dormir na rua com medo de ser despedida, só por ter optado pela reintegração no seu posto e local de trabalho”, refere o sindicato da hotelaria, a propósito da situação. A mesma estará em litígio com a empresa para a reintegração na linha do Porto.

A empresa ainda não comentou a situação.

Print Friendly

Comentários

Tags

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade