amor-acontece
Opinião Paulo Mesquita

Vila Verde – onde o amor acontece. Este é o mote. Mas será verdade?

Apaixonei-me por Vila Verde mal a conheci. Entre diversas vicissitudes que a vida me reservou, vejo-me a entrar em Vila Verde em Agosto de 2010. Aterrei quase de pára-quedas, no meio do desconhecido. Queria um ano só para mim. Não sou muito dado a espiritualidades, considero-me uma pessoa muito pragmática, mas nesse ano decidi afastar-me de toda a confusão citadina que me acordava todas as manhãs na magnífica cidade do Porto. Retiro espiritual? Talvez.

A verdade é que Vila Verde seduz. Tem magia na alma, tem encanto nas pessoas e uma rara beleza para a vista. Quem resiste? Eu não! “Fui apanhado”, pensei eu. Já não me vejo a abandonar este “namoro” por Vila Verde. Somos cúmplices. Revejo-me nas suas gentes, nos seus costumes, na alegria da terra.

Neste mês de romance, esqueçam as politiquices e namorem Vila Verde. Vila Verde merece!

“Vila Verde – onde o Amor acontece”: comigo aconteceu.

(Fevereiro de 2014)

Print Friendly

Comentários

Paulo Moreira Mesquita

Paulo Moreira Mesquita

Diretor Semanário V

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade