Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa
País

Sporting Clube de Braga aceita reintegrar três dos trabalhadores do antigo bingo

O Sporting Clube de Braga (SCB) aceitou reintegrar nos seus quadros três dos trabalhadores do antigo bingo que foram alvo de um despedimento coletivo em 2008, juntamente com mais 14 funcionários.

Em declarações hoje à agência Lusa hoje, o representante da Federação dos Sindicatos de Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (FESAHT), Francisco Figueiredo explicou, no entanto, que o SCB não desiste da intenção de recorrer de uma decisão de reintegração proferida pelo Tribunal de Trabalho de Braga.

No dia 30, aquele tribunal decidiu anular o despedimento dos trabalhadores do antigo Bingo, condenando o SCB a reintegrá-los nos seus postos de trabalho, a pagar todas as retribuições que deixaram de auferir, e juros de mora. Condenou ainda o clube a pagar o valor diário de 50 euros, “a título de sanção pecuniária compulsória, por cada dia de atraso no cumprimento da sentença”, o que perfaz um valor de 1.286.140,50 euros, a pagar a 10 dos trabalhadores, uma vez que sete chegaram a acordo com o clube.

“O SCB vai assumir os três trabalhadores, mas pediu tempo para saber onde os encaixar. O diretor-geral do clube comprometeu-se a reintegrar os funcionários nos quadros, mas ainda não se sabe em que funções porque o Bingo já não existe”, explicou o Sindicalista.

Segundo Francisco Figueiredo, “esta é uma atitude muito positiva mas o sindicato lamenta que o clube não ceda na intenção de recorrer da sentença”.

O sindicalista explicou ainda que “alguns dos 17 trabalhadores acabaram por chegar a acordo com o Braga porque estavam a passar dificuldades financeiras graves, uma vez que estavam sem receber nem salário nem qualquer prestação social”.

O clube minhoto justifica o recurso da decisão do Tribunal de Trabalho de Braga alegando que aquela é uma decisão “profundamente injusta” e merecedora de “censura do ponto de vista jurídico”, lê-se num comunicado emitido na terça-feira pelo SCB.

“Depois de anos sucessivos de acumulação de vários milhares de euros de prejuízos, viu-se na contingência de encerrar” a sala de Bingo, em 2008, explica ainda o mesmo comunicado.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade