Tribunal Judicial de Braga
País

Suspeitos de extorsão de 5000 euros a empresário de Braga ficam em liberdade

Os três detidos na quarta-feira em Braga pela GNR pela alegada extorsão de 5000 euros a um empresário vão aguardar julgamento em liberdade, decidiu hoje o Tribunal Judicial daquela comarca.

Os arguidos ficam obrigados a apresentações bissemanais na polícia e proibidos de contactarem entre eles e com a vítima.

A GNR deteve na quarta-feira em S. Lázaro, Braga, três homens suspeitos da prática de um crime de extorsão a um empresário, que é também presidente da União das Freguesias de Escudeiros e Penso, naquele concelho.

Na ocasião, a GNR apreendeu ainda os 5000 euros extorquidos à vítima.

Foi também identificada uma jovem de 15 anos, suspeita de colaboração na prática do referido crime.

A fonte explicou que, nos últimos dias, a vítima vinha sendo “intimada”, com ameaças, a entregar aquela quantia em dinheiro.

Na quarta-feira, a vítima deixou uma mochila com o dinheiro num sítio combinado, mas avisou previamente a GNR, que montou uma operação para apanhar os arguidos em flagrante.

A GNR começou por deter os dois alegados operacionais da extorsão, ambos com 20 anos, detendo posteriormente aquele que terá sido o mandante do crime, um vizinho da vítima.

Print Friendly

Comentários

Paulo Moreira Mesquita

Paulo Moreira Mesquita

Diretor Semanário V

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade