Preso - Detido - Prisão
País

Prisão preventiva para suspeito de assalto à Câmara de Amares

O juiz de instrução criminal do Tribunal de Amares aplicou hoje prisão preventiva a um homem de 24 anos suspeito de mais de 12 assaltos, entre os quais um à Câmara Municipal daquele concelho, informou fonte da GNR.

Segundo a fonte, o suspeito, residente em Amares, foi detido pela GNR na segunda-feira, fora de flagrante delito.

No assalto à Câmara de Amares, registado em fevereiro de 2014, terá furtado “vasto material informático, com conteúdos indispensáveis à gestão da edilidade”.

Os outros assaltos terão sido a estabelecimentos comerciais, com furto de eletrodomésticos e valor informático cujo valor ascende a mais de 5.000 euros.

O suspeito vai ser conduzido ao Estabelecimento Prisional de Braga.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade