Foto: Luís Ribeiro
Foto: Luís Ribeiro
Vila Verde

Banho de multidão em Vila Verde para assistir às Rusgas e às Marchas Populares

O Município de Vila verde veio a público manifestar o seu regozijo pela forte adesão popular nas tradicionais marchas e rusgas de Santo António.  “O Centro de Vila Verde encheu-se de cor, brilho e vivacidade com o desfile das crianças e dos adultos durante as Marchas Populares. Foi mais um grande momento das festas, edição de 2015”, sublinha o gabinete de imprensa da edilidade, acrescentando que milhares de pessoas rumaram à sede de concelho para assistir às performances dos actores locais. “Durante a noite as rusgas também pintaram de sons, tons e cores tradicionais as festividades, onde perto de meia centena de rusgas, oriundas de vários pontos do Minho, foram ao palco exibir a espontaneidade do canto e encanto populares, com os cantares ao desafio à luz da fogueira de Santo António”, pode-se ler em comunicado enviado para a redacção do Vilaverde.net.

A união faz a força

As marchas e as rusgas marcaram o 4º dia, 12 de Junho, da edição de 2015 das festas concelhias em honra de Santo António. O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde apontou as sinergias estabelecidas com associações e instituições vilaverdenses com um dos grandes motivos do sucesso das festas concelhias, que envolvem directamente a população local e de concelhos limítrofes. “Estas marchas populares e as rusgas são uma mostra das nossas potencialidades e da capacidade de organização, bem como da congregação de esforços e envolvimento das gentes e das colectividades do Concelho e da região Minho”, afirmou António Vilela.

O edil fez ainda questão de salientar que as festividades englobaram um leque alargado de actividades, planeadas para agradar a vários gostos e feitos, com iniciativas para diferentes faixas etárias. “É um evento de todos e para todos, que se insere na estratégia mobilizadora do Município de Vila Verde, no sentido de atrair todas as faixas etárias e envolvê-las na dinâmica local, desde a participação activa das crianças nas marchas aos mais velhos nas tradicionais rusgas e cantares ao desafio”, rematou o autarca.

 

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade