Os primeiros alunos da Future University em Portugal
Os primeiros alunos da Future University em Portugal
Braga Ciência Mundo Tecnologia

Nobre defende universidades mais “humanas” e focadas nos “problemas da sociedade”

“O modelo tradicional de universidade tem que mudar”, afirmou esta tarde de segunda-feira   Fernando Nobre, presidente da AMI, e que marcou presença na sessão inaugural da Future University (FU) em Braga. Especialista em Medicina Humanitária, Fernando Nobre defende modelo universitário virado para a humanidade. “Propósitos esses que encontra na FU, que procura colocar a tecnologia ao serviço da dos problemas globais”, indicou Nobre, frisando que as universidades estão focados “mais no umbigo”.

A FU, insituição americana, procura na Europa ativar as melhores mentes para incubar ideias e empresas. “O objetivo é dar respostas a problemas como as migrações, água, pobreza com ferramentas como a robótica, nanotecnologia e outros”, indicou Sebastian Elliot, da FU.
Braga recebeu os primeirs 100 alunos e 30 oradores onde constam professores do MIT, Harvard, e que até domingo estão concentrados em buscas do soluções globais.

Nomes como Ivo Slaus, David Cavallo, Federico Capasso, Emmaneul Letouze, Kal Joffres, Rachel Kiddell Monroe, Piotr Grodzinski, passam pelo “lab” da FU. “São nomes que vão valorizar ainda mais a cidade de Braga e que a colocam ainda mais na rota do empreededorismo”, frisou Ricardo Rio, edil de Braga que marcou presença na cerimónia de abertura.

IMG_4479 IMG_4433 IMG_4367 IMG_4492

Print Friendly

Comentários

Tags

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade