DSC_1283
Braga Cultura Destaque Vila Verde

Capital do Minho de braços abertos para o Mês do Romance

Braga mantém este ano uma forte ligação à marca territorial vilaverdense Namorar Portugal e à programação turístico-cultural ‘Fevereiro, Mês do Romance’, numa parceria que se tem revelado extremamente profícua.

A Cidade dos Arcebispos foi este ano o palco do pontapé de saída da programação mais romântica do país e a Loja Interativa de Turismo de Braga recebeu, ontem (29 de janeiro), o lançamento de três novos produtos da marca, todos da área agro-alimentar.

Bárbara Faria apresentou aos bracarenses duas novas variedades de mel multifloral, produzido em plena serra do Gerês, adiantando que se prepara para lançar novas propostas ainda durante este ano.

A Devesa do Cávado, produtor dos azeites Namorar Portugal, lançou uma linha de aguardente de excelente qualidade e com um teor de etanol reduzido, comparativamente com outras bebidas do mesmo género.

Por seu turno, a Lactimercados apresentou ao público duas novas variedades de queijo artesanal, produzido em Vila Verde com leite da região minhota, com malagueta ou pimenta rosa em forma de coração.

O evento marcou também a de abertura da exposição de produtos Namorar Portugal, que estará aberta ao público durante todo o mês de fevereiro neste espaço bracarense destinado à promoção do turismo, localizado em plena Avenida da Liberdade. A cerimónia, que contou com a presença de várias individualidades do distrito e de toda a região, foi abrilhantada por uma curta mas intensa performance musical protagonizada por duas jovens alunas da Academia de Música de Vila Verde.

As mensagens de amor que estão a conquistar o país e o mundo
Presente na sessão, o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde fez questão de deixar um forte agradecimento aos parceiros (são já mais de uma centena entre instituições, agentes turísticos, empresas e associações com projeção nacional) por se unirem ao Município para materializar uma programação ímpar em todo o país, capaz de projetar o concelho e a região, dentro e fora de portas.

“Criou-se uma marca que já não representa apenas Vila Verde, temos parceiros oriundos de vários pontos da região e do país, numa dinâmica que transversal ao território nacional”, vincou António Vilela.

O edil prosseguiu explicando o motivo que leva ‘Fevereiro, Mês do Romance’ a estender-se de 29 de janeiro a 5 de março. “A forte dinâmica existente faz com que o mês de fevereiro já não seja suficiente para abarcar todos os eventos. É um período de intensa atividade cultural e económica.

Braga rendeu-se ao Mês do Romance

Por sua vez, António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal de Braga, não poupou elogios ao trabalho desenvolvido pelos congéneres vilaverdenses.

“Estas Iniciativas são muito importantes. Daqui a pouco temos 17 operadores turísticos internacionais que estão de visita à cidade e vão passar por cá para perceberem o valor e o interesse desta marca, uma marca de Vila Verde, mas que hoje já é uma marca do Minho e da região”, disse, acrescentando que a autarquia bracarenses pretende continuar associada a esta “marca distintiva e criada com grande empreendedorismo, com uma gama muito diversificada de produtos, estamos de portas abertas e disponíveis para trabalhar em conjunto para ganhar escala e assumir cada vez mais protagonismo na área do turismo”.

O presidente da Associação Comercial de Braga (ACB), Domingos Macedo Barbosa, também se juntou ao coro de elogios. “Gostaria de dar os parabéns ao Município de Vila Verde aos empresários associados à marca pelos projetos que desenvolveram. A ACB está de portas abertas para os receber e ajudar na promoção em todos os mercados, principalmente no de Braga”, referiu, acrescentando que “esta é uma marca consolidada, que precisa de ser ‘alimentada’ com iniciativas como esta, fundamentais para a divulgação do território e estimular a economia”.

DSC_1456 (1)

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade