finan
Destaque Vila Verde

Gestores de empresas de Vila Verde julgados por esquema de faturas falsas

Oito empresários e dez empresas de Vila Verde estão a ser julgadas por fugas ao fisco através de esquema de faturas falsas que, e segundo o Ministério Público (MP), passavam alegadamente pela Diviminho, empresa de Vila Verde do ramos da construção civil de tetos falsos e divisórias, que aparece na triangulação dos dados.

Segundo a acusação o fraude fiscal atinge cerca de 600 mil euros, embora os arguidos tenham negado a autoria dos crimes de fraude fiscal que ocorreram entre 2007 e 2009.

“Todos arguidos pretendiam pagar menos impostos e cediam a a vantagens fiscais indevidas e com isso lesavam o erário pública. Atuavam de forma a diminuir o montante dos impostos a pagar ao Estado, visando a não liquidação de IRC e IVA”, frisa o MP.

(Todo caso na próxima edição impressa do Semanário V do dia 27 de abril)

 

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade