ag-bombeiros
Destaque Vila Verde

AG dos bombeiros “quente” com associados a pedir demissão de Paulo Renato Rocha

A não-renovação do comandante José Lomba e a suspensão de funções do Vice-presidente Paulo Renato Rocha foram as duas questões levantadas pelos cerca de 80 sócios que participaram na Assembleia Geral da Associação Humanitária (AH) dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde (BVVV), realizada na noite desta quarta-feira (28).

Depois de discussão acesa por parte de vários sócios, que procuravam respostas, a direção da AHBVVV acabou por confirmar que Paulo Renato Rocha continua em funções como vice-presidente, ao contrário do veiculado por alguma comunicação social e local, o que provocou indignação na maior parte dos associados presentes.

“Queremos que seja levantado um processo de averiguação para a destituição de PRR do cargo”, disseram alguns sócios, ao qual a direção respondeu que essa questão padece de um processo de avaliação interno por parte da direção, e que o mesmo será feito.

Alguns sócios mostraram ainda indignação com a não presença do vice-presidente, uma vez que continua em funções. “É sempre melhor esconder do que dar o peito às balas”, disse um dos associados ao Semanário V, no final da AG.

Quanto à não-renovação do comandante Lomba, a direção disse que a situação é irreversível, e que a seu tempo dará as explicações necessárias para não continuarem o contrato com o chefe de comando, algo que também motivou indignação nos sócios presentes.

“Foi uma assembleia a deitar fogo por todos os lados”, disse outro associado. “Nunca vi nada assim aqui nos bombeiros”, rematou.

Foram ainda aprovados três pontos durante a AG, incluindo a compra de um terreno pertencente à Santa Casa da Misericórdia, em Coucieiro, para a construção de uma Unidade de Formação Local.

(Notícia completa na edição impressa do Semanário V, a 4 de janeiro)

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade

Publicidade