Destaque Vila Verde

Prado. “Quem roubou a bandeira só pode ser um apoiante da ditadura”

A bandeira preta que o presidente da Junta de Prado, Paulo Gomes, hasteou na terça, na praia do Faial, foi roubada. Populares testemunharam o ato mas ninguém avança com o nome do “larápio”. Presidente da junta já recolocou uma nova bandeira preta mas pondera apresentar queixa às autoridades.

Paulo Gomes hasteou uma bandeira preta na praia do Faial num “ato simbólico de solidariedade” e a “exigir respeito para com os comerciantes locais”,  que têm sofrido cortes nas receitas na ordem dos 50%, devido á menor afluência de pessoas na praia do Faial depois da interdição do rio por presença de salmonellas. O ato simbólico de protesto, que exige também respostas para, na outra margem, a praia de Merelim já não acusar a presença da bactéria. decorreu ontem durante a tarde.

No entanto, pelas 20:30 horas, um popular, que segundo testemunhas que estavam no bar que serve aquela praia, aparentava ser de meia idade, terá tirado a bandeira e o poste.  O homem, que os populares não quiseram identificar, terá sido impelido a não retirar a bandeira, mas terá respondido com um “se têm algum problema chamem a GNR”, e levou mesmo a bandeira e o poste.

Hoje, pelas 13:15 horas, o presidente da Junta de Prado regressou à praia do Faial com novo poste e nova bandeira preta, que hasteou novamente, invocando valores de democracia e solidariedade durante o ato.

Sobre o roubo, Paulo Gomes disse ao Semanário V que “quem roubou a bandeira só pode ser um apoiante da ditadura”. “Não foi respeitado o protesto e houve uma tentativa de silenciar a democracia e a própria vila de Prado”, referiu o autarca, acusando ainda o ato de roubar a bandeira como “anti-democrático e de alguém que não gosta da vila de Prado”.

Paulo Gomes voltou a erguer a bandeira preta em “solidariedade para com os pradenses” que voltam a ver a praia interdita por mais alguns dias. “É que as últimas análises já saíram e acusaram outra vez salmonellas“,  finalizou o presidente da Junta de Prado.

*com Francisco Azevedo

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade