ruisilva2
Destaque Vila Verde

Polémica. Rui Silva “acusado” de não falar no parlamento defende-se com “trabalho à vista de todos”

Rui Silva, líder da concelhia do Partido Social Democrata (PSD) de Vila Verde, e atual deputado na Assembleia da República eleito pelo círculo de Braga, foi recentemente notícia nos órgãos de comunicação nacional por pertencer a um grupo de dez deputados que não tiveram qualquer intervenção nos plenários da AR.

Segundo avançou Jornal de Notícias e Correio da Manhã, o deputado que foi também vereador e vice-presidente da Câmara de Vila Verde, está no parlamento desde 2015 e nunca teve nenhuma intervenção.

Sobre as notícias vindas a público, Rui Silva disse ao V que se trata de “uma tentativa de desmoralizar o trabalho do deputado, pois não é apenas o trabalho que se faz em plenário, mas também o trabalho que se executa em audições e comissões, para além de visitas institucionais ao distrito”.

Rui Silva diz ainda que “não é verdade que lá esteja desde 2015 e muito do meu trabalho passa pelas comissões parlamentares, sendo que fui eleito deputado em 2015, mas acabei por abandonar o cargo devido à mudança de governo, quando fui substituído no hemiciclo pelo antigo ministro Jorge Moreira da Silva”.

“Só estou no parlamento desde novembro de 2016, logo aí cai por terra essa teoria dos dois anos”, disse ao V, questionando ainda se será “mais importante falar dois ou três minutos no Parlamento ou estar presente em comissões de inquérito como é o caso do roubo dos paióis em Tancos”. “Amanhã vou estar presente em mais uma sessão sobre esse caso”, referiu.

O deputado apresentou ainda treze iniciativas legislativas que resultaram em projetos de resolução e projetos-lei, para além de uma proposta para o inquérito à Caixa Geral Depósitos. Três para alteração de toponímia de freguesias do distrito, e várias da área económica sobre a defesa do consumidor. Foi também relator de quatro pareceres que promoveram depois debate em plenário.

“Podem consultar a página do Parlamento que está lá toda a minha atividade como deputado durante os últimos meses”, disse ainda Rui Silva, que foi também responsável pelas questões levantadas sobre a falta de ambulâncias INEM à noite no concelho de Guimarães.

Desde novembro de 2016, Rui Silva está presente na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas e na Comissão de Defesa Nacional, onde participou em inquéritos sobre questões como o roubo dos paióis, a situação na Venezuela ou a utilização de bases da Força Aérea para fins de aeronáutica civil.

Como relator, elaborou uma comunicação conjunta ao Parlamento Europeu sobre os elementos para uma estratégia europeia sobre o conflito na Síria, relator de uma estratégia para os PALOP e relator para os países ibero-Americanos no domínio da ciência e da tecnologia.

Líder parlamentar diz que Rui Silva é tido “em muito boa conta pelo grupo parlamentar”

Hugo Soares, recentemente eleito líder da bancada parlamentar do PSD, diz que Rui Silva “é um deputado que o grupo parlamentar tem em muito boa conta”.

Ao V, Hugo Soares diz ainda que Rui Silva “tem uma vastíssima prestação nas comissões em que participa, e se ainda não falou no parlamento, não foi por falta de capacidade de intervenção”, não dizendo no entanto quando será a estreia de Rui Silva no principal hemiciclo de debate em Portugal.

Rui Silva 1 Rui Silva 2 Rui Silva 3

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade