ps 2
Vila Verde

Autárquicas. Júlio Mota no Pico pelo PS e José Morais promete medicamentos grátis para idosos

Júlio Mota foi apresentado como candidato do Partido Socialista (PS) a presidente da Junta de Pico (S. Cristóvão). “Um homem de grande coração, incansável sempre que alguém procura o seu auxílio”, assim o descreveu José Morais, candidato do PS à presidência da Câmara de Vila Verde, presente na sessão, e que deixou a promessa de caso seja eleito, aceder medicamentos gratuitos aos mais idosos.

Júlio Mota apelou ao espírito de mudança, “por um Pico S. Cristóvão que saia do marasmo em que se encontra”. “São muitos anos já, parados no tempo. Do atual executivo ninguém reclama para nada, junto da Câmara Municipal. Está na hora de arregaçarmos as mangas e fazermos pela nossa terra”, vincou o candidato.

José Morais, que guiou a candidatura, começou por desvendar algumas ideias, entre elas, uma que afeta os seniores com mais de 65 anos. A ideia passa por conceder medicamentos gratuitos para as pessoas idosas. Nessa perspetiva, José Morais promete, caso seja eleito, comparticipar os medicamentos dos seniores com mais de 65 anos, como fazem já outros municípios. “No nosso concelho nenhum idoso deixará de tomar os medicamentos de que precise por falta de dinheiro”, assegurou o candidato do PS.

Para os mais jovens, está previsto um apoio à criação do próprio emprego. A Câmara Municipal, assegura José Morais, “vai disponibilizar uma verba anual de meio milhão de euros para apoiar projetos de criação de empresas por jovens”.

“Criar empregos é um grande objetivo. Apoiar jovens empreendedores é um dever. Para o efeito, será criado um regulamento que deverá ser democraticamente aprovado e que será disponibilizado aos jovens vila-verdenses, para que se possam candidatar a esses apoios”, acrescentou o candidato do PS a presidente da Câmara Municipal, ressalvando que, prefere “menos dias de festas” no concelho e “mais emprego e qualidade de vida” para as famílias vila-verdenses.

A resolução dos problemas relacionados com o abastecimento de água e a inexistência de casas com ligação à rede de saneamento foram, também, temas centrais da discussão, tendo alguns dos presentes solicitado intervenção “urgente” nessa matéria por não terem água, nem tão pouco luz, em casa.

José Morais comprometeu-se, de imediato, enquanto vereador, a “analisar cada caso” e a “prestar todo o auxílio, agindo prontamente” para que sejam “proporcionadas condições de vida a essas famílias dignas do século XXI”.

Ao nível das vias rodoviárias, José Morais sublinhou o compromisso de requalificar a Estrada Municipal que liga Pico a Gomide, “a necessitar de intervenção há mais de 20 anos e que só é lembrada em anos de eleições”.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade