SEPNA foi ao local apurar os factos e dar início à investigação
SEPNA foi ao local apurar os factos e dar início à investigação
Destaque Vila Verde

Mós. Descoberta macabra levanta investigação da GNR

Uma descoberta macabra em terreno municipal – um cão dentro de um saco de lixo atirado a uma vala com alguns metros de profundidade – foi denunciada ao Semanário V, que presenciou a situação in loco na passada sexta-feira (1) ao final da manhã, ao lado do atual albergue de animais, na freguesia de Mós.

A vala, que estava há meses a céu aberto, foi tapada,com recurso a máquinas dois dias depois da GNR se ter deslocado ao local para investigar se haveria mais corpos de animais enterrados naquela vala.

Ao que foi possível apurar, existem mais duas, já tapadas, no mesmo local, e uma outra junto ao antigo albergue de animais, no centro de Vila Verde. Os animais, que são recolhidos da rua, serão abatidos e despejados nestas valas, quando a lei exige que sejam incinerados, ou, se enterrados, noutro local que cumpra os requisitos exigidos para não ser ameaça para a saúde pública.

As valas estão em terreno municipal com passagem de veículos bloqueada a cadeado. O terreno é utilizado pela autarquia para guardar máquinas e entulho, e que só a autarquia tem acesso às chaves.

(Saiba mais na edição impressa n.º 86 do Semanário V, já nas bancas em Vila Verde, Braga e Amares)

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade