Pico de Regalados, Gondiães e Mós (3)
Vila Verde

Autárquicas. José Malheiro apresentado pelo PS em Pico de Regalados, Gondiães e Mós

Kosé Malheiro foi apresentado, na sexta-feira, como candidato do Partido Socialista a presidente da Junta da União de Freguesias de Pico de Regalados, Mós e Gondiães.
A sessão, que decorreu na antiga Escola Básica da Vila do Pico de Regalados, foi marcada pela discussão do acesso à rede pública de saneamento.

Em comunicado, o PS de Vila Verde diz que “apesar da proximidade à vila sede de concelho, a verdade é que, naquela União de Freguesias, ainda muitas famílias esperam em pleno século XXI, pela ligação à rede e desesperam pelo acesso a elementos básicos que conferem maior qualidade de vida”.

“Em vez de estarmos aqui a falar na chegada da rede de fibra-óptica, do acesso a gás canalizado, de melhores vias rodoviárias, temos que nos focar em trazer água até casa das pessoas e conferir-lhes acesso à rede de saneamento”, referiu o candidato do Partido Socialista a presidente da Câmara de Vila Verde, José Morais.

O candidato afirmou também que é necessário rever o “ruinoso” contrato do lixo, na perspetiva do Município de Vila Verde, uma vez que “as respostas dadas pelo privado” que presta o serviço da recolha de residuos “não é minimamente satisfatória, nem serve os interesses das pessoas”.

“O mesmo se aplica ao funcionamento das piscinas municipais, cuja exploração foi concessionada a uma empresa privada e que, pelas intervenções dos populares presentes, parece estar longe de agradar aos vila-verdenses”, disse.

José Morais aproveitou, ainda, a ocasião para recordar a medida de apoio ao emprego jovem que a sua candidatura lançou durante esta pré-campanha e que passa pelo compromisso com os vilaverdenses de, anualmente, reservar uma verba do orçamento municipal para o apoio, até meio milhão de euros, à criação de novas empresas, por jovens que se queiram lançar no mercado de trabalho.

A fechar a sessão, José Malheiro apresentou a equipa que o acompanha, não se alongando nas palavras uma vez que, tal como referia, “é mais ideias e acção que de discursos políticos”. “Não sou muito de palavras, sou mais de ideias e de trabalho. Quem me conhece, do meu passado autarca, em Mós, sabe que sou uma pessoa atenta e perspicaz. Que, acima de tudo, trabalho diariamente pela melhoria das condições de vida das pessoas”, concluiu.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade