coro scmvv
Destaque Vila Verde

Soutelo. Coros reuniram-se para uma hora de música a louvar Senhora do Alívio

O culto a Nossa Senhora do Alívio remonta a cerca de 1798, ano em que terá sido concluída a construção da igreja, a custos do Pe. Francisco Xavier Leite Fragoas, em agradecimento à Virgem por o ter salvado de uma doença. Na Igreja foi entronizada a imagem da padroeira, Nossa Senhora do Alívio, o que contribuiu para um fervor ainda maior para o culto que já havia pela Senhora do Alívio. Logo foi reconhecida a necessidade de fundar uma confraria, o que se verificou em 1800. De ano para ano aumenta o fervor que já havia pela Senhora do Alívio.

O Santuário da Nossa Senhora do Alívio acolheu um concerto, promovido pela confraria de Nossa Senhora do Alívio, que contou com a participação dos coros, alma do povo, o coro da Sra do Alívio, Coro Stella Matutina, Coro de Vila Verde e o Coro da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, com o instrumental a cargo da ensemble instrumental, a voz da solista Sandra Azevedo, sob direcção do maestro Idílio Nunes e Júlio Dias.

“Cânticos de diversos quadrantes, numa hora de música e de oração em louvor a Nossa Senhora”, diz Júlio Dias, responsável pela coordenação dos coros presentes.

“Um momento de oração com vozes de júbilo por coros que se entregaram para louvar Nossa Senhora do Alívio. O nosso coro tinha que estar presente. Somos devotos de Nossa Senhora e é uma grande honra. Obrigado a todos os coros que participam neste evento”, refere Bento Morais, provedor da Santa Casa.

Este evento associado à grande romaria de Nossa Senhora do Alívio, contou com a presença de centenas de pessoas que não perderam a oportunidade de assistir a um momento de música de qualidade, onde finalizou com o hino “Miraculosa, Raínha dos Céus, cantado por mais de cem vozes de todos os coros presentes. Momento que emocionou todos os presentes.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade