festa da scolheitas
Destaque Vila Verde

Prado. Desfile de Charretes é novidade na Festa das Colheitas

A chama da tradição continua bem viva na Vila de Prado, que se prepara para três dias consecutivos de tributo à cultura popular e à genuína tradição do Minho. A gastronomia regional, o folclore, as cerimónias religiosas, a recriação de práticas agrícolas tradicionais, os espetáculos de música ao vivo, o cortejo e o ambiente de grande animação são os principais atrativos da Festa das Colheitas de Prado, que se realiza já no próximo fim de semana, 22 a 24 de setembro.

A grande novidade da edição deste ano é o desfile de charretes que acompanha e dá um charme acrescido ao habitual cortejo. O evento, que vai decorrer nas imediações da ‘Igreja Nova’, é organizado pela paróquia local, com o apoio de um grupo extenso de voluntários, e insere-se na programação alargada Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que de agosto a novembro se desdobra em 35 iniciativas de promoção da cultura minhota. A festa arranca já na próxima sexta-feira (22 de setembro), com a celebração de uma Eucaristia, marcada para as 18h30. No final, começa a primeira das duas recriações de práticas agrícolas ancestrais incluídas no programa, a matança do porco, que deverá ocorrer pelas 19h00. Depois do jantar, às 21h00, a música toma conta do recinto com a atuação ao vivo dos Amigos dos 4 Cantos.

Atividades para todos os gostos e feitios

O programa para o dia 23 (sábado) começa bem cedo e com toda a energia, graças ao Torneio de Fut. 7 das Colheitas. As atividades continuam ao início da tarde e os mais novos voltam a ser as grandes estrelas da festa durante o Desfile da Pequenada, entre a Capela de S. Tiago e a Igreja Nova. Ao final da tarde, tempo de retemperar energias com uma das mais apreciadas iguarias da nossa região, o Porco no Espeto, que vai aconchegar o estômago e fortalecer o corpo para as atividades da noite. Pelo meio decorre a Missa da Catequese, que começa às 18h30. Com o crepúsculo chega a segunda recriação de uma prática agrícola tradicional, a desfolhada do milho. Uma iniciativa transversal às diferentes faixas etárias, que junta pradenses e visitantes num ambiente de festa e celebração em que as brincadeiras e cantigas populares dão o alento para o trabalho de braços que se segue. No final, a alegria da música regressa para animar o serão com a atuação da Banda Plástica, de Barcelos.

Desfile de Charretes é novidade

A Missa das Colheitas, marcada para as 10h00, dá o pontapé de saída para o último dia do evento. À hora do almoço, altura para provar outro prato muito apreciado da cozinha minhota, as papas de sarrabulho. No período vespertino, lugar para o Cortejo de Oferendas e o Leilão das Colheitas, em que os carros com madeira, vegetais ou animais vivos, entre muitos outros, serão arrematados em leilão depois de chegarem em desfile às imediações da Igreja Nova. Este ano, a par do cortejo, haverá também um desfile de charretes. Depois, a animação continua pela tarde dentro com a atuação dos Cavaquinhos da Casa do Povo da Vila de Prado e da fanfarra local. As festividades terminam com uma sessão de fogo de artifício.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade