14424713_1055145754600377_1107020230944692838_o
Vila Verde

Escariz. Festa das Colheitas chega com desfolhada e concurso de vinho de maçã

A freguesia de Escariz S. Martinho apresenta um cartaz rico e diversificado de iniciativas que vão colocar habitantes locais e visitantes em contacto direto com a tradição da cultura popular do Minho. Da música popular à gastronomia regional, passando pelo folclore, pela recriação de práticas ancestrais e pela feira tradicional, entre outros, não faltam motivos de interesse para visitar a XVI Festa das Colheitas de Escariz S. Martinho, de decorre no próximo fim de semana, 22 a 24 de setembro. Nota especial para os trabalhos de ornamentação da igreja paroquial com arranjos de produtos agrícolas e com os famosos quadros de sementes, numa mostra de enorme talento e criatividade artística.

O ambiente é de festa durante todo o fim de semana e as hostilidades abrem logo com um cortejo etnográfico. A iniciativa, que inclui também um desfile de oferendas, está marcada para as 14:00 de sábado e será animada pela música popular dos tocadores de concertina e cavaquinho. A meio da tarde, pelas 16:00, começa o corte das canas de milho, que termina com uma boa merenda à moda do Minho (pataniscas, broa e vinho) para retemperar energias depois do árduo trabalho no campo.

Artesanato, arranjos de hortícolas, desfolhada de milho e música popular

Por esta altura, a igreja paroquial de Escariz S. Martinho ganha novas cores com os arranjos de produtos agrícolas que ornamentam os altares, uma exposição que abre portas ao público a partir das 16:30. Meia hora mais tarde abre a exposição de artesanato, na residência paroquial. O serão traz-nos a recriação de uma prática agrícola tradicional, a desfolhada de milho, que nos faz recuar ao tempo dos nossos avós. No fim da jornada de trabalho, tempo do merecido repasto. Um farnel minhoto em que se destacam iguarias como a sardinha assada, a broa de milho, o vinho novo e o caldo verde. De seguida, a diversão toma conta dor recinto com a animação com a Festa da Concertina e dos Cantares ao Desafio, que se prolonga noite dentro.

O genuíno pulsar do mundo rural

No domingo, 24 de setembro, as atividades começam bem cedo com a Eucaristia de Graças Pelas Colheitas, marcada para as 09h00, a que se segue a bênção dos campos de Escariz. Ao final da manhã, pelas 11:30, começa a feira das colheitas. Os produtos do campo, os animais vivos, a doçaria caseira, o vinho verde novo e o vinho de maçã, entre muitos outros, numa mostra de produtos regionais onde se sente o vigor do genuíno pulsar do mundo rural.

A gastronomia regional é outro dos grandes atrativos do evento. A tarde de domingo começa com a apetitosa Festa da Patanisca, que ajuda a dar forças ao público para acompanhar o vibrante Festival de Folclore, que se estende pela tarde. Pelo meio haverá ainda tempo para o leilão de lotes de madeira. Às 18:00, vai decorrer o Concurso de Vinho de Maçã, uma bebida produzida tradicionalmente pelos agricultores locais que ia compensando os anos mais fracos de colheita vinícola.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade