Cabanelas 1
Vila Verde

Autárquicas. Esquível acusa Município de ter em Cabanelas um “parente pobre”

Os socialistas de Cabanelas promoveram, no passado sábado a já tradicional caravana automóvel do Partido na freguesia, numa tarde que culminou com um convívio, realizado no Centro Escolar local. Ao todo, mais de 50 carros percorreram, ao longo da tarde, as ruas e estradas de Cabanelas, numa manifestação de apoio a António Esquível Gomes, candidato do PS a presidente da Junta de Freguesia cujos destinos comanda desde os últimos anos.

José Morais também se juntou à festa e falou aos presentes, na chegada ao Centro Escolar. O candidato do Partido Socialista a presidente da Câmara Municipal de Vila Verde elogiou o progresso que Cabanelas conheceu nos últimos oito anos e saudou o trabalho desenvolvido por António Esquível Gomes. “Se mais não fez, foi devido às restrições que conhece uma Junta de Freguesia socialista impostas por uma Câmara governada por este executivo Municipal”, defendeu, lembrando o “inacreditável exemplo da rede de saneamento”. “Como é que a Freguesia que tem instalada a Estação de Tratamentos de Águas Residuais intermunicipal, que acolhe os resíduos dos concelhos de Vila Verde, Amares e Terras de Bouro, só tem 40 das 700 casas que aqui existem ligadas à rede de saneamento? Isto é inadmissível e revela uma profunda falta de bom senso e de respeito pelos cabanelenses”, considerou.

O candidato do PS a presidente da Câmara lembrou, ainda, que “muito há a fazer ainda no que diz respeito às vias rodoviárias no interior da Freguesia”, bem como no que toca “ao fomento do desporto e lazer”, numa terra com “imensas condições, imensos recursos e cheia de gente com vontade para fazer mais e melhor”.

Também António Esquível Gomes considerou que “Cabanelas é um parente pobre” para o Município de Vila Verde e que está “habituado a ter que lutar contra uma política de chapéu na mão”. “Apesar de ser sabido que 100 euros nas juntas de freguesias valem mais que mil aplicados pela Câmara, a verdade é que o executivo municipal de Vila Verde não cumpre com a lei das autarquias no que à distribuição de verbas diz respeito”, lamentou, afirmando porém “continuar a estar 100% disponível para a freguesia e para ajudar todos os cabanelenses”.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade