fogoincendio
Destaque Vila Verde

Vila Verde. Populares e bombeiros evitaram tragédias em Oleiros e Ribeira do Neiva

O incêndio na encosta de Godinhaços/Duas Igrejas/Goães que preocupou os moradores ao início desta madrugada já está em fase de rescaldo, avançou fonte dos bombeiros ao V.

Depois de um incêndio que consumiu grande parte da mancha florestal ao redor da zona industrial de Oleiros, afetando mesmo várias empresas daquela unidade (os bombeiros tiveram de intervir a partir de dentro das instalações da empresa Diviminho), mais dois incêndios deflagraram já de madrugada no concelho.

Em Ribeira do Neiva, na encosta do Bonfim, o fogo foi controlado por populares até à chegada dos bombeiros que se mantiveram com ajuda de uma cisterna da Junta de Freguesia e de tratores de particulares que ajudaram no combate às chamas.

A situação acabou por ser controlada durante a noite mas houve pessoas a serem evacuadas e uma casa que chegou a estar rodeada pelas chamas, evitando-se uma tragédia devido à pronta intervenção de moradores e da cisterna da Junta de Freguesia.

Também à mesma hora, por volta da 1:00, um incêndio de grandes dimensões atingiu a parte alta de Prado São Miguel, com as chamas a serem percetiveis a quilómetros de distância. O mesmo incêndio, que andou apenas em zona de mato, também já se encontra em fase de rescaldo.

Início de noite complicada para o concelho de Vila verde, à semelhança de todo o país, com 7 incêndios florestais a deflagrarem no espaço de poucas horas.

Na Carvalhosa, em Vila Verde, um pequeno incêndio deflagrou junto ao Centro Escolar. As chamas foram prontamente combatidas por populares estando já esse fogo extinto.

Tanto em Nevogilde, Sande e Atiães, incêndios também assustaram e foram combatidos por populares que conseguiram extinguir o fogo.

O incêndio de Nevolgilde foi combatido por uma cisterna da Junta de Freguesia.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade