Carlos Costa Cabanelas
Desporto Destaque Vila Verde

Carlos Costa. “Isto é um trabalho a tempo inteiro”

Carlos Costa era um atleta promissor da formação da Associação do Grupo Desportivo de Cabanelas até que uma terrível lesão no joelho o afastou da bola. Mas não foi por muito tempo. Saído dos relvados com 18 anos, em 2002, Carlos não resistiu ao apelo de um presidente de junta da freguesia e decidiu retomar o clube que tinha interrompido as atividades. “Tinha uma carreira promissora mas tive de por de lado”, confessa Carlos Costa ao V.

Segundo Carlos, foi o “bichinho” que o chamou. Mas Carlos estava longe de sonhar o “pesadelo” que o clube de sonho se tornou. “Foi uma aventura enorme pegar nisto, tivemos sempre muitas dificuldades e falta de apoio, mas fomos dando um passo de cada vez e estamos estáveis”, assegura o vice-presidente da direção, mas rosto forte do futebol.

“Falta-nos balneários que estes estão a cair, falta-nos uma rede para não sairem as bolas do campo e para podermos cobrar entradas para os jogos porque assim toda a gente consegue ver o jogo sem pagar”, atira ainda o vice-presidente que, apesar das dificuldades, não trocava o Cabanelas por nada.

“Está fora de hipótese ir para outro clube. Fui convidado para entrar noutras direções de clubes com melhores condições mas eu sou da terra, Cabanelas, e fiquei cá”, assegura Carlos Costa, orgulhoso da formação do clube.

“Já saíram daqui bons atletas. O Celso, que esteve no Prado, por exemplo”, aponta, garantindo não deixar cair a formação que este ano viu os juniores regressarem. “A aposta nos júniores acho que foi certa, apesar de, novamente, não termos apoios”, confessa.

“Isto toma-me muito tempo da minha vida”, desabafa, confessando que “praticamente é de terça a domingo”. “Isto é um trabalho a tempo inteiro”, garante o também trabalhador no Centro de Abate de Viaturas de Braga.

Para o futuro, as ilusões não são muitas. “Queremos manter o registo do ano passado, ficar pelo meio da tabela, também não podemos pedir muito mais aos atletas tendo em conta as condições que o clube oferece”, finaliza o vice-presidente.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade