edigio
Destaque Vila Verde

Vila Verde. Pena suspensa para Instrutor que atropelou mortalmente idoso em Gême

O instrutor e industrial de escolas de condução de Vila Verde, que está a ser julgado por ter atropelado mortalmente um idoso e abandonando a vítima à sua sorte, viu hoje o Tribunal da Relação de Guimarães confirmar a condenação com pena suspensa de oito meses de prisão, com a obrigação de pagar mil e quinhentos euros aos Bombeiros Voluntários de Vila Verde.

O acusado, Joaquim Barroso, natural da Loureira mas a residir em Braga, entrou em contradições permanentes em outras audiências, o que levou numa fase anterior a que a relação de Guimarães tivesse considerado “nulo” o primeiro julgamento que ilibou o condutor. O mesmo tribunal confirma agora a acusação, sem hipótese de recurso.

Já no que toca à acusação de omissão de auxílio, Joaquim Barroso foi ilibado por não ser provado que o mesmo tivesse consciência de atropelar um ser humano, após ter argumentado pensar ter sido um cão.

O mesmo Joaquim Barroso está ainda envolvido no processo de cartas de condução da ANIECA, acusado de quatro crimes de corrupção passiva.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade