cavalo
Destaque Vila Verde

Crime. GNR investiga morte de égua grávida em Aboim da Nóbrega

Moradores do lugar de Casais de Vide, em Aboim da Nóbrega, concelho de Vila Verde, estão indignados com o cenário horrífico desta manhã em um quintal de uma casa na rua João Rei.  Uma égua grávida, que habitualmente circula pelos montes da Nóbrega nas traseiras da habitaçao do proprietário, foi abatida a tiro durante a madrugada.

Alguns dos moradores do local, ao encontrar a égua pela manhã, alertaram a GNR que se deslocou ao local para apurar as causas, uma vez que se trata de crime. Segundo populares, este é já o quinto cavalo selvagem abatido durante os últimos anos, naquele mesmo local.

Segundo a filha de um dos proprietários, que falou com o V, a égua “foi alvejada por tiro de caçadeira”.

“O chumbo passou entre as duas patas traseiras acabando por partir a esquerda por completo antes do joelho, o mesmo tiro passou de raspão na barriga acabando por rasgá-la”, disse ainda, visivelmente chocada com a brutalidade em questão. “Ainda há marca de chumbos nas patas dianteiras”, vincou.

Segundo os proprietários, esta “é a quinta vez que isto acontece, embora muitas das vezes os proprietários destes animais não contactam as autoridades, por não os terem registados e com o micro chip, temendo outras responsabilidades”.

“Não se sabe qual o motivo que leva alguém a ter uma atitude destas, visto que o lugar está inserido num monte onde estes animais e outros andam diariamente, e tendo em conta que este animal não causou nenhum dano, nem prejuízo”, finalizou a filha do proprietário da égua.

A GNR tomou conta da ocorrência e os proprietários vão dar início ao processo judicial, de acordo com as instruções das autoridades.

Print Friendly

Comentários

Siga-nos!

RSS
Follow by Email
Facebook
YouTube

Última edição

Já nas bancas!

Publicidade